Professora usa rádio comunitária para ensinar alunos que não têm internet

Por conta da pandemia do coronavírus, grande parte das escolas e universidades passaram a oferecer aulas online. No entanto, existem mais de 3 bilhões de pessoas sem acesso à internet no mundo! E estas pessoas fazem como?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Na Argentina, a professora Miriam Mabel Lera decidiu usar a rádio comunitária de sua cidade para continuar ensinando os alunos que não têm acesso à internet. Se isto não é amor pela profissão, então o que pode ser?

professora dando aula na rádio comunitária
Foto: arquivo pessoal

A professora exemplar vive na pequena cidade de Diaguita-Calchiquí de Amaicha del Valle, ao sul do país e dá aula para as crianças do segundo ano da Escola Intercultural Bilíngue nº 10. No entanto, após as aulas serem canceladas, ela percebeu que nem todos os alunos tinham acesso à Internet ou smartphones e foi quando ela decidiu agir.

A região de Amaicha del Valle é tipicamente rural e, definitivamente não tem a facilidade de acesso à internet que uma grande cidade tem.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Quando a quarentena começou, como todos os professores do país, fomos deixados para ver como manteríamos o vínculo com as crianças. Não escolhi o WhatsApp porque se conhece a realidade dos meninos, conhecemos as famílias e as condições em que vivem, por isso não foi fácil para mim fazer aula em vídeo para eles baixarem, sei que eles não têm telefone celular”, confirmou Miriam.

professora ensina na rádio comunitária
Foto: arquivo pessoal

Aulas via rádio

Foi então que surgiu a ideia de usar a rádio comunitária, acessível a todas as famílias da região.

“Eu disse ao chefe da comunidade que gostaria de ensinar através da rádio, que tem a maioria. Notifiquei os pais e começamos os primeiros dias de abril e felizmente deu tudo certo. Falo com as crianças e as famílias como se estivessem olhando para mim, também dou a elas brincadeiras com a música que eles gostam”, disse a professora.

caderno da professora
Foto: arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Miriam tem 38 alunos, que hoje continuam a estudar de suas casas, de forma acessível e eficaz.

Não são poucas as histórias de crianças que estão sem estudar durante a quarentena ou que estão se esforçando para conseguir acesso à internet. Algumas precisam viajar horas ou aproveitar o wifi de um espaço público, como contamos aqui. Felizmente, os alunos de Miriam têm sorte de ter uma professora como ela!

“Conseguimos neste momento e desta forma avançar no aprendizado e não cortar o elo. O melhor é que muitas pessoas mais velhas nos ouvem e nos dizem que também estão aprendendo”, afirmou Miriam.

Ouça um dos cursos da professora aqui:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Nation

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,495,414SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Empresa transforma lixo retirado do mar em baldes, vasilhas e até vassouras

Uma empresa portuguesa lançou uma inovadora linha de produtos de limpeza feitos a partir do lixo marítimo reciclado. Vasilhas, vassouras, potes, baldes e cestos feitos...

Ginásio de hóquei lotado mostra o primeiro beijo entre homens em uma “câmera do beijo”

A "câmera do beijo" é uma tradição durante partidas de diferentes esportes nos Estados Unidos. Porém, até a presente data, um casal gay ainda não...

SOS Manaus: vaquinha do Razões arrecada R$ 850 mil e ajuda levar oxigênio para pacientes com Covid-19

Olha que notícia maravilhosa tivemos hoje! Após bater a meta em menos de 24 horas, a nossa vaquinha para levar oxigênio aos pacientes com...

ONG promove mutirão de beleza para mulheres em tratamento contra o câncer de mama

A ONG Américas Amigas convidou cerca de 100 mulheres em tratamento contra o câncer de mama para uma tarde em uma unidade do salão de beleza Jacques Janine, em São Paulo.

Nostalgia! Sensação do TikTok, Pequena Lo comenta coisas que marcaram os anos 2000

Saudades do Orkut e de muita coisa que só quem viveu os anos 2000 sabe! Em mais um EP do Era Só O que Faltava,...

Instagram