Professora usa rádio comunitária para ensinar alunos que não têm internet

Por conta da pandemia do coronavírus, grande parte das escolas e universidades passaram a oferecer aulas online. No entanto, existem mais de 3 bilhões de pessoas sem acesso à internet no mundo! E estas pessoas fazem como?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Na Argentina, a professora Miriam Mabel Lera decidiu usar a rádio comunitária de sua cidade para continuar ensinando os alunos que não têm acesso à internet. Se isto não é amor pela profissão, então o que pode ser?

professora dando aula na rádio comunitária
Foto: arquivo pessoal

A professora exemplar vive na pequena cidade de Diaguita-Calchiquí de Amaicha del Valle, ao sul do país e dá aula para as crianças do segundo ano da Escola Intercultural Bilíngue nº 10. No entanto, após as aulas serem canceladas, ela percebeu que nem todos os alunos tinham acesso à Internet ou smartphones e foi quando ela decidiu agir.

A região de Amaicha del Valle é tipicamente rural e, definitivamente não tem a facilidade de acesso à internet que uma grande cidade tem.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Quando a quarentena começou, como todos os professores do país, fomos deixados para ver como manteríamos o vínculo com as crianças. Não escolhi o WhatsApp porque se conhece a realidade dos meninos, conhecemos as famílias e as condições em que vivem, por isso não foi fácil para mim fazer aula em vídeo para eles baixarem, sei que eles não têm telefone celular”, confirmou Miriam.

professora ensina na rádio comunitária
Foto: arquivo pessoal

Aulas via rádio

Foi então que surgiu a ideia de usar a rádio comunitária, acessível a todas as famílias da região.

“Eu disse ao chefe da comunidade que gostaria de ensinar através da rádio, que tem a maioria. Notifiquei os pais e começamos os primeiros dias de abril e felizmente deu tudo certo. Falo com as crianças e as famílias como se estivessem olhando para mim, também dou a elas brincadeiras com a música que eles gostam”, disse a professora.

caderno da professora
Foto: arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Miriam tem 38 alunos, que hoje continuam a estudar de suas casas, de forma acessível e eficaz.

Não são poucas as histórias de crianças que estão sem estudar durante a quarentena ou que estão se esforçando para conseguir acesso à internet. Algumas precisam viajar horas ou aproveitar o wifi de um espaço público, como contamos aqui. Felizmente, os alunos de Miriam têm sorte de ter uma professora como ela!

“Conseguimos neste momento e desta forma avançar no aprendizado e não cortar o elo. O melhor é que muitas pessoas mais velhas nos ouvem e nos dizem que também estão aprendendo”, afirmou Miriam.

Ouça um dos cursos da professora aqui:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Nation

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,275,963SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Homem perde mais de 160kg por medo de deixar filho autista sem pai

Nós adoramos compartilhar histórias de superação, para incentivar as pessoas a se transformarem e a melhorar o que não as faz feliz. Quem compartilhou...

Motorista do Uber surpreende atendente de fast-food com vestido e cartão de presente

Um generoso motorista do Uber, em Nova York, ajudou uma funcionária de fast-food que havia sido passageira em seu carro, após descobrir que ela só...

Ambulante ensina garoto a vender balas para ajudar sua mãe

“Se depender de mim eu vou fazer de tudo pra ajudar Ele...”

Igreja Evangélica doa onze mil reais para reconstrução de terreiro de candomblé no RJ

É tão bonito quando as pessoas respeitam a religião do outro, concordam? E é ainda mais nobre quando as pessoas lembram do mais importante:...

Instagram

Professora usa rádio comunitária para ensinar alunos que não têm internet 1