Professora não consegue dar videoaula, mas recebe carinho dos alunos e dá volta por cima

Se essa é uma história de aluno e professor, a gente tem muito para aprender com ela.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma professora preparou toda a videoaula para os seus alunos, mas não conseguiu trabalhar na plataforma, se emocionou e teve que encerrar a aula virtual. Mas o carinho que recebeu dos alunos fez com que ela superasse tudo isso.

A professora de matemática Débora Meneghetti, do colégio GGE de Recife (PE), nunca tinha trabalhado com ensino à distância (EAD) na vida e, de repente, se viu diante do desafio.

“Descobri que meu computador tava sem som, que a webcam tava quebrada, uma porção de coisas que habitualmente eu não uso e, de repente, eu tive que usar. Eu tive que adaptar celular e computador, então eu pegava som do celular e imagem do computador”, disse a professora.

Ela passou quatro dias fazendo treinamento para ministrar aula de EAD e virou a madrugada inteira preparando a aula. Mas só que na hora as coisas simplesmente não funcionaram.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Tela de computador com professora e alunos em videoaula
A professora tinha colocado o áudio pelo celular e a câmera pelo computador, mas acabou embananando tudo. Foto: Laura Pinel

“Ela ficou mutada, falava, mas ninguém ouvia. Depois ela apareceu com duas câmeras. Quando ela conseguiu resolver o problema do áudio já tinha passado metade da aula, aí ela não conseguia botar os slides, o material que ela havia preparado”, disse a estudante do 1º ano Laura Pinel.

Imagem de computador com slide sobre triângulo
Professora queria apenas apresentar seus slides feitos com muito carinho para os alunos. Foto: Laura Pinel

Essa pandemia tem apresentado desafios para todo mundo. É como o caso de um autônomo que aluga mesas e cadeiras para eventos. Sem eventos, ele está sem renda. Aí sabe o que ele fez? Decidiu emprestar as cadeiras para as pessoas que esperam nas filas da Caixa pelo auxílio emergencial. Criamos uma vaquinha no VOAA. Clique e ajude!

Estudantes começaram a mandar mensagens de apoio e professora se emocionou

O esforço de quase uma semana inteira estava indo por água abaixo. Inevitavelmente a professora ficou nervosa e foi aí que os alunos formaram uma corrente positiva mandando boas energias para a tia pelo chat da plataforma.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Começaram a me mandar muitas mensagens, mas umas mensagens muito carinhosas. Aí eu já tava tensa, cansada, comecei a me emocionar e eles perceberam que eu estava chorando“, disse a professora de matemática.

Professora chorando na tela de computador
Professora chorou ao ver que estava dando tudo errado e ler as mensagens dos alunos. Foto: Laura Pinel

Aí não teve jeito, a aula acabou porque não tinha mais condições de continuar. A professora desabou no choro. A professora agradeceu pelo apoio.

Tela de bate-papo com mensagens

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Nós batemos um papo super gostoso com essa professora que ficou famosona depois de toda essa história. Assiste só:

Gente, essa atitude bonita fez lembrar do aluno de 10 anos de idade que juntava lacres de latinhas de alumínio para trocar por uma cadeira de rodas motorizada para a professora deficiente. Quer se emocionar com essa história também? Clica aqui!

Outras pessoas e profissionais deram apoio à professora

E não foram só os alunos que deram incentivo para a Débora. Apesar de que eles foram os primeiros a demonstrar empatia pela situação da educadora.

“Todos entenderam e começaram a mandar mensagem pra ela pelo whatsapp também falando que tava tudo bem, que não tinha problema, que a gente tinha dificuldade também pra mexer e elogiando o trabalho dela”, disse Laura.

No mesmo dia, Laura postou a história no seu perfil no Twitter.

Depois disso, vários ex-alunos até de muitos anos atrás, mandaram mensagens também para a professora. “Aí eu me transformei num rio de lágrimas“, disse.

Professora com óculos
Professora se acabou de chorar. Foto: Laura Pinel

Outros profissionais da escola entraram em contato com ela e a ajudaram a resolver tudo para a aula seguinte. No mesmo dia a professora já conseguiu participar de um projeto do colégio por telechamada e ensinou uma receita para os alunos.

Professora com vários alunos posando para foto em sala de aula
Professora é querida pelos alunos. Foto: Arquivo pessoal

“A atitude de todos eles foi de muita empatia, muito carinho, muito amor. Compreenderam a situação que eu tava passando e foram solidários, e isso foi muito bom, me deu muita alegria, sabe?”, relatou Débora.

Professora posando na frente de quadro
Débora é professora há mais de 20 anos. Foto: Arquivo pessoal

Ela ainda deixou uma mensagem para os tantos professores que estão tendo que se adaptar a esta realidade neste momento.

“Não podemos desistir nunca, temos que pesquisar, buscar ajuda, não ter vergonha de dizer que não sabe e perguntar a quem sabe e sempre procurar fazer o melhor para os seus alunos. Esse não é o nosso trabalho, é a nossa missão“, finalizou.

Que ensinamentos!!!

selo conteúdo original

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Restaurante aproveita toneladas de comida que seria desperdiçada e aceita o quanto você quiser pagar

O argumento utilizado por grande parte dos agricultores, engenheiros agrônomos e empresas que utilizam ou produzem defensivos agrícolas, um nome menos impactante para os...

Músico acreano produz guitarras incríveis com madeira certificada

As guitarras são feitas com madeira certificada pelo FSC® e surpreendem pela beleza rústica e sonoridade única.

Político indiano usa selfies para reduzir o infanticídio feminino do país

Todos os anos na Índia, milhares de bebês meninas são abandonadas ao nascer. Enquanto algumas são resgatadas, a maioria não é, deixando o país...

Após perder o pai para o Parkinson, ele oferece passeios a idosos e pessoas com dificuldade de locomoção no Rio

Ele oferece a idosos e pessoas com dificuldades de locomoção momentos como aqueles que viveu com o pai.

Viver perto de pássaros faz bem para a saúde mental das pessoas

De acordo com um recente estudo da Universidade de Exeter, no Reino Unido, pessoas que vivem em bairros com mais pássaros, são menos propensas...

Instagram

Professora não consegue dar videoaula, mas recebe carinho dos alunos e dá volta por cima 3