Projeto brasileiro busca ‘pais por uma hora’ para crianças sem perspectiva de volta pra casa

Nas últimas semanas, recebemos dezenas de e-mails de pessoas interessadas no “apadrinhamento afetivo”, depois de um post que fizemos falando de uma ONG norte-americana que procura pessoas querendo dar um pouco de carinho para crianças que vivem em orfanatos com poucas chances de serem adotadas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma das iniciativas que recomendamos aqui no Brasil, principalmente para quem vive em São Paulo ou está de passagem pela cidade, é o Projeto Convivência Apadrinhamento Afetivo, do LEVV (Laboratório de Estudos da Violência e Vulnerabilidade Social), ligado à Universidade Presbiteriana Mackenzie.

O projeto tem como objetivo garantir o direito de convivência familiar e comunitária a crianças e adolescentes em situação de acolhimento institucional, promovendo a criação de vínculos afetivos com pessoas de fora da instituição.

É esperado do padrinho ou madrinha que ela seja uma pessoa de referência para as crianças e adolescentes, que sejam capazes de criar vínculos afetivos que auxiliem no seu processo de desenvolvimento.

Os critérios para apadrinhar:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ter mais de 18 anos.

Participar do Grupo de Preparação.

Possuir disponibilidade afetiva e concreta para contato por no mínimo 2 horas, durante no mínimo 1 ano.

Mostrar-se motivado a contribuir de forma positiva para o desenvolvimento das crianças/adolescentes.

Não possuir cadastro no Sistema Nacional de Adoção.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As etapas:

Entrevista inicial.

Participação do Grupo de Apoio.

Aproximação gradual e assistida da criança/adolescente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Acompanhamento contínuo.

Mais informações aqui.

Foto de capa: Hugo Harada/Gazeta do Povo

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,274,824SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Porteiro transforma lixão em lindo jardim para a comunidade onde vive

O antigo lixão virou um lugar onde as pessoas podem aproveitar o melhor da natureza.

Moradora de rua vende livros usados para alimentar seus cães

A foto da moradora de rua Shirley vendendo livros usados, no bairro de Moema, em São Paulo, para comprar ração e cuidar dos seus...

Mulher envia mensagem para número errado e “estranho” oferece ajuda a menino internado em hospital

"É incrível. Ele era um total estranho e de repente fez tudo isso para nós", disse a mulher que enviou mensagem para o número errado.

Jovem oferece aulas de espanhol para arrecadar dinheiro e ajudar amiga endividada com agiota

Aquela amizade que a gente não precisa de mais prova nenhuma para saber que é verdadeira!

Instagram

Projeto brasileiro busca 'pais por uma hora' para crianças sem perspectiva de volta pra casa 3