Projeto brasileiro busca ‘pais por uma hora’ para crianças sem perspectiva de volta pra casa

Nas últimas semanas, recebemos dezenas de e-mails de pessoas interessadas no “apadrinhamento afetivo”, depois de um post que fizemos falando de uma ONG norte-americana que procura pessoas querendo dar um pouco de carinho para crianças que vivem em orfanatos com poucas chances de serem adotadas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma das iniciativas que recomendamos aqui no Brasil, principalmente para quem vive em São Paulo ou está de passagem pela cidade, é o Projeto Convivência Apadrinhamento Afetivo, do LEVV (Laboratório de Estudos da Violência e Vulnerabilidade Social), ligado à Universidade Presbiteriana Mackenzie.

O projeto tem como objetivo garantir o direito de convivência familiar e comunitária a crianças e adolescentes em situação de acolhimento institucional, promovendo a criação de vínculos afetivos com pessoas de fora da instituição.

É esperado do padrinho ou madrinha que ela seja uma pessoa de referência para as crianças e adolescentes, que sejam capazes de criar vínculos afetivos que auxiliem no seu processo de desenvolvimento.

Os critérios para apadrinhar:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ter mais de 18 anos.

Participar do Grupo de Preparação.

Possuir disponibilidade afetiva e concreta para contato por no mínimo 2 horas, durante no mínimo 1 ano.

Mostrar-se motivado a contribuir de forma positiva para o desenvolvimento das crianças/adolescentes.

Não possuir cadastro no Sistema Nacional de Adoção.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As etapas:

Entrevista inicial.

Participação do Grupo de Apoio.

Aproximação gradual e assistida da criança/adolescente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Acompanhamento contínuo.

Mais informações aqui.

Foto de capa: Hugo Harada/Gazeta do Povo

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,763,858SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pit bull resgatado de abrigo não dorme sem o seu tutor

Como dizem por aí, a raça pit bull é perigosa, perigosamente fofa! Prova disso é o Kawi, um pit resgatado que vive em Wisconsin (EUA) e que,...

Impedido de visitar esposa grávida, pai orgulhoso escreve mensagens de amor em frente ao hospital

A norte americana Shona Moeller está grávida e internada há 6 semanas, e seu marido Robert Conlin está impedido de visitá-la devido ao risco...

Jovem recebe apoio de desconhecidos para construir um abrigo definitivo para animais de rua em Anápolis (GO)

O Eduardo Caiado é um jovem de 18 anos que foi ajudado lá atrás por uma vaquinha da VOAA para a ampliação e reforma...

Dezenas de baleias azuis são vistas na Antártida pela 1ª vez em 40 anos

Após 60 anos de caça desenfreada às baleias azuis e jubarte, o litoral da Ilha Geórgia do Sul, na costa da Antártida, virou um...

Em vídeo tocante, garotinha descreve como foi seu 1º encontro com os pais que a adotaram

"Você sabe o que aconteceu com o meu coração?", sussurra Gabby. "Bem, quando te vi pela primeira vez, meu coração se apaixonou por você!", exclama.

Instagram