Projeto leva cadeirantes para curtirem o mar em praias de Florianópolis

A ansiedade e alegria tomaram conta da jovem Andreila Salete Franzein, 18 anos, logo que ela chegou na praia de Jurerê Internacional, em Florianópolis.  Ela faz parte do grupo de sete cadeirantes que, com auxílio do projeto “Porta a Porta”, puderam aproveitar a praia, na última sexta-feira (11).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Na hora do banho de mar, um auxílio especial: esteiras acessíveis e cadeiras anfíbias facilitaram o tão esperado momento de entrar no mar. Foi a primeira vez que que Andreila teve a oportunidade de frequentar uma das nove praias acessíveis de Florianópolis.

projeto cadeirantes praias florianópolis

“Quando assisti na TV fiquei um pouco com medo, mas aqui, com os salva-vidas, eu me senti muito segura. Eu já tinha vindo sem a cadeira, sabe, mas não é a mesma coisa”, afirma, sorridente.

Leia também: Pais e filhos com deficiência ‘fecham’ Beto Carrero World e comemoram inclusão

O pequeno Wesley Ribeiro Vieira, 8 anos, também aproveitou o dia de sol. “Eu amo vir na praia, sentir a água do mar, tomar banho e brincar. Em casa eu não tenho muita opção, então fico só no celular. Aqui não. No mar me sinto livre, feliz”, conta.

projeto cadeirantes praias florianópolis

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A iniciativa faz parte do programa “Floripa dáx um banho”, realizado pela Secretaria de Turismo, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Florianópolis, em parceria com a iniciativa privada, Corpo de Bombeiros Militar e Porta a porta. A operação dos equipamentos é feita pelos guarda-vidas, que durante todo o tempo de permanência na água, apoiam e zelam pela segurança do cadeirante. O serviço está disponível de segunda a domingo, a partir das 9h.

Leia também: Gari de Santa Catarina faz desenhos na areia para conquistar sorrisos

“A prefeitura de Florianópolis realizou mais de 40 obras para viabilizar o acesso do estacionamento de cada uma das nove praias acessíveis até o ponto da praia onde estão a esteira e as cadeiras anfíbias. Além dessas, outras praias receberam melhorias nos decks, rebaixamento de meio fio e recomposição de decks com acesso de cimento. Tudo para que os deficientes também possam curtir nossas praias”, finaliza o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro.

Onde aproveitar as praias acessíveis de Floripa

Jurerê Internacional

Ingleses

Ponta das Canas

Barra da Lagoa, Joaquina

Areias do Campeche

Lagoa do Peri

Armação

Cachoeira do Bom Jesus

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

créditos das fotos: Leonardo Sousa/PMF

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

987,764FãsCurtir
1,764,214SeguidoresSeguir
8,645SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem cria escola de lona para alunos carentes em Tocantins e internautas criam vaquinha

Com alguns tecidos, plásticos e madeiras que encontra no lixão, jovem construiu a sua escolinha de reforço. Mas quando chove, ele perde tudo.

Pitbull resgatado de “rinha” não para de sorrir no novo lar

Publicamos no final do ano passado o resgate de 33 pitbulls de uma “rinha” em Itu (SP). O estado dos cães era muito triste. Hoje,...

Menino vende desenhos no portão de casa para ajudar a família e comprar telas

Kayque coloca seus desenhos à venda no portão de casa por R$1,50 para conseguir dinheiro para as telas e para ajudar a família.

Cadeirante que faz entregas em SP sonha ter cadeira motorizada e internautas criam vaquinha

Conheçam o Luciano Oliveira, 44 anos, cadeirante que ficou conhecido por trabalhar como entregador de comida por aplicativo.

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

Instagram