Conheça o projeto que luta para combater o HIV entre jovens da periferia de SP

O coletivo Organização Social Identidade Periférica (OSIP) nasceu em novembro de 2020 com o objetivo de facilitar o acesso dos jovens à profilaxia pré-exposição (PrEP), um tipo de medicação que ajuda a prevenir o HIV. Com o foco nas regiões periféricas e com menos acesso a este tipo de tratamento, o projeto atua no bairro Cidade Tiradentes, Zona Leste da cidade de São Paulo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Apelidado de PrERP15-19, o público-alvo do projeto são adolescentes de 15 a 19 anos, que se identificam como homens gays, mulheres trans e travestis e que residem na região. Vale lembrar que, de acordo com uma pesquisa do Ministério da Saúde, os casos de HIV triplicaram entre os jovens de 15 a 19 anos no Brasil, entre 2006 e 2015.

Mores, se vc tem dúvidas de como chegar na OSIP (@identidadeperiferica), se liga nesse post que fizemos para vcs, é um…

Publicado por Amanda Selfie em Sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os números assustam, mas para que a situação seja revertida é preciso levar conhecimento e tratamentos adequados às populações periféricas que sofrem com a falta de assistência. Por isso, além de colaborar para a redução da incidência do HIV, o projeto também tem como intuito ressignificar os tabus a respeito do tratamento com a PrEP e do autoteste.

Realizado por meio de uma parceria da USP com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Universidade Federal da Bahia (UFBA), a escolha do lugar de atuação se deu depois que a iniciativa entendeu que, enquanto o público LGBT da região central conhece o tratamento da profilaxia, as regiões periféricas possuem acesso limitado e enfrentam o estigma. No entanto, ironicamente, muitos dos atendidos na região central vinham da Zona Leste.

prep cidade tiradentes
Foto: divulgação

Apesar deste tratamento ser gratuito e oferecido pelo SUS, são os brancos e com poder aquisitivo mais elevado que conseguem acessá-lo. Isso sem contar que muitos se sentem constrangidos em pedir ajuda presencialmente, o que incentivou a criação da “robô” Amanda Selfie.

Selfie é uma robô travesti que funciona nas redes sociais, como o Instagram e Facebook, e responde automaticamente a dúvidas sobre profilaxia e infecções sexualmente transmissíveis.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Até agora, o projeto já vem acompanhando 125 participantes, sendo que 8 iniciaram a prevenção com o uso da Prep. A meta é que o projeto se estenda ao Itaim Paulista, também na Zona Leste. No entanto, São Paulo não é a única capital que tem recebido apoio do projeto. Com 871 participantes no total, o coletivo também está atuando em Salvador e Belo Horizonte.

combater hiv periferia 1
Foto: divulgação

O projeto é parcialmente financiado pelo Ministério da Saúde e pela organização internacional Innovation in Global Health (Unitaid), mas todos os profissionais de saúde, pesquisadores, educadores e jovens da localidade envolvidos atuam de forma voluntária.

O coletivo funciona no próprio prédio da OSIP, das 16h às 21h, de segunda a sexta-feira e aos sábados, das 15h às 18h, na Rua Sara Kubtschek, 165 – próximo do Terminal de Ônibus Cidade Tiradentes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

combater hiv periferia 2
Foto: divulgação

Fonte: Observatório do Terceiro Setor

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,425,269SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Internautas se mobilizam para ajudar catador idoso que criou seu próprio pegador de latinhas para se proteger da Covid-19

Criatividade e necessidade andam lado a lado na vida de Erivaldo Calixto, 63 anos. O idoso, de Olinda (PE), inventou um dispositivo com canos...

Mãe do goleiro Danilo faz pedido emocionante à repórter: “Posso te dar um abraço em nome da imprensa?”

Temos visto manifestações incríveis de solidariedade pelo Brasil e pelo mundo em torno da tragédia envolvendo o time do Chapecoense - veja nossa cobertura...

Marca de bijouteria utiliza cabos descartados

Aliando seu talento com criação de jóias e a vontade de fazer algo contra o desperdício de materiais, Billie Van Nieuwenhuyzen, de Ghent, na...

Estudantes fazem projeto para ensinar o uso consciente do dinheiro a jovens e adultos

“Eu não quero morar em outro país, quero morar em outro Brasil” esta foi uma das frases que mais me marcou nesta época tão...

Mexendo com a imaginação e amenizando as dores das crianças em hospital na Inglaterra

O designer Thomas Matthews desenvolveu um projeto para algumas alas do Chelsea Children’s Hospital, na Inglaterra. Ele pensou numa maneira de contribuir com a recuperação...

Instagram