Projeto conta a história das pessoas com seus livros favoritos

Todo mundo tem um livro de cabeceira, aquele de que mais gosta, que já leu mais de uma vez. Além da história que o leitor lê nas páginas do livro, ele próprio tem uma história com seu livro preferido. Foi para contar essas histórias que surgiu o projeto “História Além da Capa”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Toda semana, a página do projeto no Facebook conta duas histórias de leitores com seus livros favoritos – para participar é só mandar uma mensagem. Em novembro, a ideia cresceu e eles decidiram criar uma biblioteca comunitária na comunidade de Sepetiba, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

14910414_1754605964803596_2004870768833490538_n

Todos os dias, a biblioteca ganha novos leitores. Mais de 15 crianças participam semanalmente da roda de leitura. O espaço foi cedido pela Igreja Católica. O legal é que a igreja não impôs restrições a livros de diferentes religiões – um exemplo de respeito a todas as religiões.

“A princípio era apenas a vontade de ler para crianças que não tinham esse hábito em casa. Eu trabalhava em uma loja e as pessoas ficavam ali conversando sobre diversos temas. Uma vez eu vi no Caldeirão do Hulk o projeto do banco Itaú – Leia para uma criança – e mandei meus dados. Alguns dias depois eu recebi meus dois livros e comecei a ler para algumas crianças. Depois falei com algumas pessoas da igreja, falei também com um secretário de um político, mas as pessoas não entenderam bem o que eu realmente queria fazer. A ideia principal era ler e passar para as crianças que isso não é chato como muitas pensam. Ler é viajar e conhecer”, conta Katia Reis, uma das responsáveis pelo projeto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Biblioteca comunitária leva lazer e cultura para moradores de Paraisópolis há 10 anos

A ideia é que o projeto cresça e se expanda para outras comunidades, mas, por enquanto, o foco continua sendo Sepetiba. O projeto já levou as crianças para conhecerem trabalhos parecidos, como a Biblioteca Parque Estadual, onde elas conheceram uma roda de leitura quinzenal aberta ao público e que conta com a participação de moradores em situação de rua. Elas também já foram a um congresso de surdez e contaram histórias de pessoas surdas com seus livros favoritos.

image-1

image-2

image

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Confira uma sessão da roda de leitura da biblioteca comunitária:

Todas as imagens: Reprodução

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,848SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cadelinha acompanha motoboy nas entregas e doa ração para cães de rua durante as corridas em SP

Faz oito anos que a cadelinha Ruby entrou na vida do motoboy Miguel Pereira. Ruby foi encontrada perdida em uma estrada, parou debaixo do...

Personalidades participam de vídeo de campanha contra a guerra às drogas

O vídeo mostra os efeitos da guerra às drogas, que afeta principalmente a população mais pobre, maior vítima do tráfico.

Estudantes criam jogo que facilita aprendizagem de pessoas com dislexia

Para estimular o processo de aprendizagem e leitura de pessoas com dislexia, dois estudantes do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) desenvolveram um...

Aos 21 anos, ela tem a própria empresa de polimentos em Rondônia e lidera equipe de homens

Toda mulher merece celebrar sua individualidade e originalidade. Para isso, é fundamental que elas tenham consciência de sua força e do seu poder. A autoestima...

Blog aborda temas que envolvem famílias não tradicionais

Está ficando cada vez mais claro que família não é aquela formada apenas por um pai, uma mãe e um filho. Existem, e sempre...

Instagram

Projeto conta a história das pessoas com seus livros favoritos 4