Projeto social promove descarte correto do óleo de cozinha em Jaguariaíva (PR)

No município de Jaguariaíva, no interior do Paraná, um projeto de coleta e reciclagem do óleo de cozinha caseiro tem motivado e conscientizado a população à respeito da preservação ambiental, além de promover a prática pedagógica nos cursos para jovens aprendizes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A iniciativa é do Departamento de Ensino Profissionalizante (DEP) da Secretaria de Indústria Comércio e Turismo (Smict), braço executivo da Prefeitura Municipal.

Batizado de “Óleo que Transforma”, o projeto foi desenvolvido em julho do ano passado por jovens aprendizes em atividade supervisionada. Eles eram encarregados do recebimento dos óleos de cozinha da população, como explica a diretora do DEP, Tania Marodim Assim. Ela afirma que todo o material coletado é armazenado em um galão apropriado no próprio departamento.

Em seguida, a empresa parceira do projeto, a GRT de Ponta Grossa, recolhe os galões e os endereça para diversas finalidades, como a fabricação de biocombustível, ração animal e até produtos de limpeza.

De acordo com os formandos do curso de Assistente Administrativo, Karen Pavuk, Nicole Rossoni e Laerty Fernandes, participarem do Óleo que Transforma tem sido uma experiência muito enriquecedora. “Além de pesquisar sobre o assunto, para saber mais sobre os impactos ambientais do óleo no meio ambiente, também temos interações com a comunidade e donos de comércio para divulgar o programa e conseguir mais adesão ao descarte correto”, diz Laerty. Os formandos também destacam a contribuição ao meio ambiente. “Um litro de óleo coletado deixa de poluir quase um milhão de litros de água”, diz Nicole.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia tambémEm PE, quem doar óleo de cozinha usado, ganha desconto na conta de luz

Projeto social promove descarte correto do óleo de cozinha em Jaguariaíva (PR)
Foto: Divulgação / Óleo que Transforma

Elisangela Santana, que trabalha como professora e coordenadora do projeto, diz que o envolvimento dos jovens aprendizes dá à eles a oportunidade de se superarem, levando em conta que nas palestras sobre o assunto eles precisam vencer a timidez e inibição. “Nossos alunos tem sido bastante elogiados e isso é muito gratificante, pois vemos eles se superarem, criarem e ainda ajudar a conservar o meio ambiente”.

Para que continue tendo relevância, o Projeto Óleo que Transforma espera continuar contando com o envolvimento da população. Aqueles que desejarem se engajar na causa precisam apenas depositar o óleo de cozinha em garrafas PET e entregá-las ao Departamento de Ensino Profissionalizante. O departamento fica na Rua Nicanor Soares S/N, no Centro de Jaguariaíva, e atende pelo telefone (43) 3535-3222.

Leia tambémAlunas transformam óleo de cozinha em sabonete para os sanitários de sua escola

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Folha Extra

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,022,016FãsCurtir
2,165,102SeguidoresSeguir
11,577SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Batismo de bebê conta com bençãos de familiares católicos, espíritas, evangélicos e umbandistas

Quando completou três meses de vida, o pequeno Iago recebeu as bençãos de sua família, cada qual à sua maneira: uma avó é católica,...

Jovens e agricultores se unem e abrem bibliotecas na zona rural da Paraíba

Eu já estou apaixonado por essa história antes mesmo de começar a contar pra vocês. Esse é um exemplo de que a união entre...

Com 4 filhos pequenos, dona de casa abandonada por marido recebe apoio de internautas

A jovem mamãe Andreza Santos Araújo, 23 anos, mora e cria sozinha seus quatro filhos pequenos em Várzea Grande, Mato Grosso. Desde que o...

Universitário de 92 anos se adapta à tecnologia e nos dá uma linda lição de resiliência e otimismo

Não existe idade certa para realizarmos nossos sonhos e o universitário Carlos Augusto Manço, que entrou na faculdade aos 90 anos, é um dos...

Supermercado mobiliza internautas e encontra cliente que perdeu R$ 840 dentro da loja

O seu João foi fazer compras no supermercado Rei da Economia, em Solânea (PB), e acabou deixando cair uma bolada de R$ 840 no...

Instagram