Projeto em Lages (SC) instala casinhas para animais de rua

Em Lages, na Serra catarinense, voluntários vão instalar 500 casinhas para animais de rua nos 71 bairros da cidade, onde as temperaturas podem chegar a 0°C no inverno.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Até o momento, 40 cachorros e gatos abandonados já ganharam abrigos. “É uma corrente do bem”, diz Bruna Uncini, de 26 anos, que criou o projeto “Ajude um animal de rua” em entrevista ao G1.

Ao lado de suas duas irmãs, ela começou a se engajar na causa animal com 16 anos. “Quando eu comecei a ganhar meu próprio dinheiro, queria investir na causa. Daí começamos a resgatar animais e levar para castração e abrigos, por conta própria”, conta.

O marco para que criasse de vez seu próprio projeto, em vez de ajudar de forma esporádica, veio após encontrar uma sacola com filhotes de cachorro recém-nascidos em uma rodovia. “Isso pra mim foi decisivo. Quando eu percebi que o trabalho de formiguinha não estava mais adiantando muito, me deu aquele estalo: se não consigo tirar todos da rua, por que não dar um lar pra eles, na rua mesmo?”.

Para dar início, encontrou inicialmente dois parceiros, Bruno Hartmann, da Gerência de Proteção Animal de Lages, e Clênia Souza, do grupo de voluntário Adote Lages. “Juntos, conseguimos, depois de receber a autorização da prefeitura, fazer um boca a boca e cada vez mais arrecadar voluntários e doações”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Também foi criada uma uma campanha online que alavancou a iniciativa. “Muitas pessoas, mesmo fora da campanha na internet, me deram o dinheiro de livre e espontânea vontade”, conta.

Então ela passou para a segunda etapa, pensar em como seriam os abrigos e uma empresa em Rio do Sul, no Vale. “Lages é muito fria e as casinhas estão ao ar livre, então optamos por escolher um material de alumínio que, no inverno, conserva 40% do calor dentro”.

As primeiras unidades, que custam R$ 118 cada uma, tiveram patrocínio de empresas da cidade, o que tornou o projeto ainda mais popular. “Colocamos uma plaquinha em cada uma das casinhas com o nome da empresa que apadrinhou estas”.

Além de uma outra dizendo: “Essa é minha casa, fui abandonado. Por favor, me ajude com água e comida. Se não puder ajudar, tudo bem, mas por favor não me faça nenhum mal, eu não faço mal a ninguém. Obrigado!”

“Tu acredita que logo nos primeiros dias eu já vi cobertores dentro delas? As pessoas colocaram ali, por conta própria”, comemora, anunciando também que nas próximas semanas serão instalados comedouros ao lado das casinhas para que os próprios moradores alimentem os bichinhos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para os próximos passos, Bruna quer recrutar veterinários voluntários para castração e vacinação. E também levar conscientização à comunidade e escolas. “Tudo começa com a educação. Só precisamos do projeto porque as pessoas abandonam os animais e é isso que temos que mudar, levando à conscientização”.

878c482b-40e9-428f-82af-24a358930bb5

151012f2-3fd1-4551-9d8d-c3f5b16b5c92

571156f2-ce78-4b27-91b6-304ad3049731

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

13332988_492162430976751_698434821748632902_n

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

995,401FãsCurtir
1,908,308SeguidoresSeguir
9,293SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Idosa de 87 anos confecciona máscaras de proteção para distribuir gratuitamente no MA

Sem conseguir encontrar máscaras de proteção, a professora, bióloga e engenheira civil Renatha Costa uniu forças com sua avó, dona Bernarda, 87 anos, para...

Magazine Luiza doa 1.000 colchões e travesseiros para moradores de rua em Belém (PA)

Desde o último sábado (21), o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, passou a receber centenas de pessoas em situação de rua da Região Metropolitana...

Após ver família comendo restos do lixo, homem abre restaurante para servir pessoas carentes

O dono de um restaurante em Vila Velha (ES) abriu seu estabelecimento para atender gratuitamente pessoas em situação de rua durante a pandemia de...

Angelina Jolie doa R$ 5 milhões para manter merenda de alunos durante quarentena

A atriz Angelina Jolie, 44 anos, doou US$ 1 milhão (R$ 5,2 milhões) para manter a distribuição de merendas escolares para crianças de baixa...

Coronavírus ‘sela paz’ entre palestinos e israelenses: saúde é prioridade máxima!

Há anos o mundo não via um encontro pacífico entre palestinos e israelenses. A Autoridade Palestina e Israel sentaram na mesma mesa para firmar...

Instagram