Projeto de estudante que proíbe a venda de canudos plásticos será votado

Nunca é cedo demais para começar a pensar no futuro do planeta. É nisso que acredita a estudante Natália Oliveira Pereira dos Santos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela é autora de um projeto de lei que proíbe a disponibilização e a venda de canudos plásticos no país, permitindo apenas canudos metálicos, de papel, vidro ou outro material que não cause danos ao meio ambiente.

O projeto da menina, que está no 9º ano do ensino fundamental, foi selecionado entre os três melhores da Câmara Mirim, uma ação educativa promovida pelo Plenarinho, que simula a atividade legislativa.

Leia também: Pizzaria atende pedido de garotinha de 5 anos para deixar de usar canudos plásticos

A ideia de Natalia concorreu com aproximadamente 1 mil projetos que foram enviados por crianças e adolescentes de todo o Brasil. É a primeira vez que um projeto de Blumenau foi escolhido.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Nos dias 25 e 26 de outubro, em Brasília (DF), a proposta da estudante será analisada e votada por outros deputados mirins. Caso seja aprovada, poderá ser apadrinhada por deputados federais e encaminhada às comissões permanentes da Câmara para análise.

“Em meio a tantos projetos criativos e inovadores, foi extremamente gratificante ter o meu selecionado. Ultimamente, utilizamos plástico numa proporção mais do que necessária e grande parte disso provém dos canudinhos”, afirma Natália.

“Espero, durante essa experiência, que todos contribuam para aprimorar o projeto, exibindo as diferentes opiniões e perspectivas com o intuito de melhorar a ideia que possivelmente será colocada em prática, tornando-se uma lei”, acrescenta.

Marcos da Silva, professor e diretor da Escola Barão, onde Natália estuda, destaca a importância do envolvimento dos jovens na política: “Estamos extremamente orgulhosos da nossa aluna Natália que, mesmo tão jovem, já está promovendo grandes mudanças no nosso país. Nos dedicamos diariamente para formar cidadãos de bem e exemplos como esse são a prova de que estamos no caminho certo.”

crédito da foto: Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,265,903SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Conheça o fazendeiro que recuperou as Araras-Vermelhas em Mato Grosso do Sul

Modesto Sampaio, filho sorridente e humilde de uma família gaúcha, viveu a vida no campo e, em 1986, decidiu se mudar para Mato Grosso do...

Pesquisadores testam primeira vacina contra o mal de Alzheimer

Pesquisadores da Universidade do Novo México, nos Estados Unidos, criaram uma vacina capaz de intervir nos sintomas do mal de Alzheimer e prevenir o...

Netas criam marca com tecidos herdados da avó e transmitem sua força a mulheres de todas as gerações

Dolores Martins era uma mulher à frente de seu tempo. Desafiou os "bons costumes" e, numa época em que não haviam tantas mulheres comandando...

Dona de casa coleta óleo e gordura para transformar em sabão no Macapá

Dona Íbis Uchôa, 56 anos, é um exemplo de que preservar o meio ambiente é uma também uma possibilidade de renda extra. No quintal da...

As 12 fotografias mais felizes da história

Seleção original feita pela Revista Bula: As 10 fotografias selecionadas, que contemplam períodos distintos, cobrindo um itinerário que vai de 1926 a 1999, são referências...

Instagram