Projeto com jovens em cumprimento de medida socioeducativa é finalista em premiação internacional

O Programa Jovem Sustentável (PJS) Aprendiz, projeto da Fundação Alphaville, ganhou reconhecimento na categoria “Investimento Social Privado e Comunidades Sustentáveis” na 4ª edição do Prêmio Transformadores, que aconteceu durante o XI Fórum Internacional da RedEAmérica, em Salvador.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Programa Jovem Sustentável Aprendiz que chegou entre os finalistas deste ano é realizado em Senador Canedo, município de Goiás, e tem como objetivo a redução da violência a partir da ressocialização de jovens em cumprimento de medida socioeducativa.

A iniciativa busca promover a transformação de valores destes adolescentes, estimulando o protagonismo, resgatando sua cidadania, além de possibilitar a inclusão no mercado de trabalho.

Projeto com jovens em cumprimento de medida socioeducativa é finalista em premiação internacional

Leia tambémMétodo criado por gaúcho beneficia 2,1 mil jovens empreendedores de periferias em todo o país

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em prática desde 2015, o projeto conta com a parceria do Ministério Público de Goiás, Prefeitura Municipal, Poder Judiciário, já formou três turmas e, ao todo, 42 alunos tiveram a oportunidade de desenvolver novas habilidades e transformar suas vidas.

A Diretora Executiva da Fundação Alphaville, Fernanda Toledo, comenta o resultado da premiação e o futuro do projeto. “O Prêmio Transformadores reúne projetos sociais de alto nível em 14 países da América Latina e do Caribe e estamos satisfeitos pela colocação que tivemos com o Programa Jovem Sustentável Aprendiz. A iniciativa já conquistou outros prêmios a nível nacional e este reconhecimento reforça o sucesso da nossa ação e os impactos positivos que ela gera para o território”, diz.

Sobre o Prêmio Transformadores

O Prêmio Transformadores da América Latina, promovido pela RedEAmérica, tem como objetivo destacar e elogiar experiências inovadoras, inspiradoras e marcantes na promoção de comunidades sustentáveis com uma abordagem básica de desenvolvimento.

Dividido em duas categorias: Investimento Social Privado e Comunidades Sustentáveis e Empresas e Comunidades Sustentáveis, a quarta versão do Prêmio recebeu mais de 92 inscrições de 13 países da região e pela primeira vez foi aberto a experiências de empresas e fundações não integrantes da RedEAmérica.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Projeto com jovens em cumprimento de medida socioeducativa é finalista em premiação internacional

Sobre a RedEAmérica

A RedEAmérica é uma rede de empresas e fundações referência no conhecimento e articulação de práticas, composta por mais de 80 organizações de origem empresarial de 14 países da América Latina e Caribe.

Seu papel é conectar os que possuem em comum o interesse de gerar comunidades sustentáveis, dar-lhes ferramentas de aprendizagem, facilitar sua interação e tornar visíveis seus esforços, para que cada uma das entidades que fazem parte da rede possa aproveitar o conhecimento das demais, e, juntas, construir as estratégias que precisam para realizar comunidades sustentáveis.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia tambémProjeto capacita jovens com deficiência para atuar no mercado de pets

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,844,630SeguidoresSeguir
24,854SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Vontade de ser mãe fala mais alto e mulher rompe noivado

Clair McGlynn tentou engravidar durante três anos, sem sucesso. Motivo: o noivo não produzia espermatozoides. "O médico explicou que, se a contagem de espermas fosse...

Para celebrar o amor, casal pede doação de sangue como presente de casamento

O portal BHAZ publicou uma matéria de um casal para lá de especial que resolveu celebrar o amor multiplicando o bem ❤️. O casal Jacqueline...

Senhora que aprendeu a ler aos 67 anos se forma na universidade

A dona Leonides Victorino, de 97 anos, passou a infância trabalhando na lavoura, na Zona da Mata de Minas Gerais. Ela também trabalhou como...

Instagram

Projeto com jovens em cumprimento de medida socioeducativa é finalista em premiação internacional 3