Projeto quer oferecer espaço para banho e lavagem de roupas a moradores de rua em SP

Se tem algo que funciona de forma impecável no nosso país, é o projeto Entrega por SP, eu mesmo já estive em algumas entregas da equipe de dezenas de voluntários, que vão madrugada a dentro entregando comida, itens de higiene e, o mais importante, um ombro e ouvido para que pessoas em situação de rua possam conversar e desabafar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E então surge mais uma iniciativa, que será lançada oficialmente em Fevereiro de 2018, o Projeto Lavanderia Social. Essa nova ação pretende ter alcance ainda maior, levando agora higiene e dignidade a pessoas em situação de vulnerabilidade por meio de uma proposta inovadora.

Após mais de quatro anos de trabalho com moradores em situação de rua na capital de São Paulo, percebeu-se que condições precárias de higiene e consequente sujeira e mau cheiro colaboram para mantê-los à margem da sociedade, impedindo eventuais oportunidades e os afastando de relações humanas.

A Lavanderia Social surge com o objetivo de empoderar essas pessoas e colaborar com sua ressocialização. Para isso, irá oferecer espaço destinado ao banho e à lavagem de roupas a um preço acessível, além de também promover cursos de capacitação.

O projeto funcionará no recém-criado Instituto Ninho Social, responsável pelo desenvolvimento das atividades tanto da Lavanderia quanto do Entrega por SP. O espaço abrigará também salas destinadas ao apoio psicológico, legal e de assistência social, entre outras iniciativas sociais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Nas palavras do idealizador Lucas Caldeira, o Lavanderia Social é fruto do diálogo e dos anseios das ruas e pretende, “mais que roupa limpa, dignidade e ressocialização em um espaço humano”.

Até o momento, o Projeto possui o apoio de empresas parceiras, duas máquinas de lavar e duas máquinas de secar industriais, além de um time dedicado ao Instituto.

Financiamento Coletivo

Para viabilizar o funcionamento das atividades, é necessário que as instalações sejam feitas em local apropriado e de fácil acesso para as pessoas em situação de rua, contudo o Projeto não possui fins lucrativos e nenhum outro apoio financeiro além dos já mencionados. Por esse motivo, foi lançada uma campanha de financiamento coletivo para arrecadar fundos para cobrir o pagamento do aluguel e IPTU do espaço por um ano.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A meta total a ser alcançada é de R$ 57.604,00. Ao doar, o colaborador pode escolher entre diferentes “recompensas” – que variam conforme o valor doado -, uma forma de agradecimento do Instituto Ninho Social pelo apoio. Copos, adesivos, pôsteres de artistas parceiros são algumas das opções oferecidas.

Até o dia 8 de janeiro, se você quiser ajudar no projeto de financiamento, poderá por aqui.

Foto: Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,755,527SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Amigas fazem vaquinha e compram IPads para idosos de asilos falarem com seus familiares

Duas amigas compraram iPads para idosos que vivem em casas de repouso poderem conversar com seus familiares durante a pandemia de coronavírus. Tudo começou com...

Jovem casal gay tem reação inesperada após baile de formatura

Ao invés de ouvir gritos de “Beija Ela” na rua, eles ouviram “Beija Ele”.

Apaixonada por coxinhas, dona Severina ganhou do neto um delicioso buquê!

Na última sexta-feira (26), no Dia dos Avós, a dona Severina da Costa, 81 anos, de Cachoeirinha (PE), foi surpreendida com um delicioso 'buquê...

Voluntários impactam milhares de pessoas com o programa “Transformando Comunidades”

O bacana é ver centenas de voluntários com o objetivo de ajudar a melhorar a realidade de instituições que tanto precisam de auxílio.

Vovô sírio transforma lixo em brinquedo para alegrar crianças em campos de refugiados

Em meio à guerra civil, que já deixou 10 milhões de refugiados da Síria desde 2011, o carpinteiro Kareem, de 65 anos, vive com...

Instagram