Projeto leva mensagens positivas e estimulam ações carinhosas entre as pessoas

A ação aconteceu na Praia de Camburi, em Vitória-ES, alunos do curso de Publicidade da FAESA distribuíram balões com mensagens positivas para as pessoas da praia. Algumas eram mensagens de respeito, de união, de aproveitar o dia, já outras eram de atitudes, pedindo para a pessoa abraçar alguém que estivesse ao lado, outras pedindo para que beijasse.
A ação faz parte de um projeto chamado Leve Amor, que tem o objetivo de mostrar que podemos sim mudar o mundo, mas que não precisamos fazer nada “mirabolante” ou grandioso.
“Devemos mudar primeiramente o nosso comportamento, e incentivar a mudança do comportamento dos outros através de nossos gestos e atitudes.”


leveamor leveamor2 leveamor2a leveamor2b leveamor2c leveamor3 leveamor4 leveamor5 leveamor6 leveamor7

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Sempre achei isso, esse é, aliás, um dos grandes objetivos do RPA, mostrar pequenas/grandes atitudes que nos tiram do botão automático de ações do cotidiano. Parabéns aos alunos pela ótima qualidade do vídeo, as imagens, da edição e pela dedicação ao projeto, tenho certeza que vocês vão longe!

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,836,848SeguidoresSeguir
24,779SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Após ter sua história contada no SP Invisível, advogada reencontra seus familiares

O relato da advogada Rosana publicado na página do SP Invisível no Facebook gerou enorme comoção e mobilização nas redes sociais. O post alcançou...

Michael Jordan inaugura clínica médica para pessoas carentes no estado onde ele cresceu

O ex-jogador de basquete Michael Jordan, 56 anos, considerado por muitos como o melhor jogador de basquete de todos os tempos e um dos mais importantes...

Casal ajuda mãe humilhada após pedir bolo de aniversário para o filho de 2 anos

A mãe queria muito um bolinho de aniversário para o filho de dois anos, ao invés de empatia, recebeu críticas e julgamentos.

Gêmeas siamesas que tinham poucas chances de sobreviver começam a frequentar a escola

Angela e Daniel Formosa, pais das gêmeas siamesas, foram avisados pelos médicos que as filhas, Rosie e Ruby, hoje com 4 anos, tinham poucas...

Empresa de tecnologia ensina Libras para integrar colaborador surdo

A ideia é fazer com que o colaborador se sinta totalmente integrado ao seu time na empresa.

Instagram

Projeto leva mensagens positivas e estimulam ações carinhosas entre as pessoas 4