Projeto pressiona políticos pra devolverem milhas de passagens pagas com dinheiro público

0
1518
projeto pressiona políticos devolverem milhas

Um deputado federal ou senador voa, em média, duas vezes por semana. Isso dá 100 viagens por ano! As milhas geradas poderiam ir pra pessoas que precisam muito viajar, pra cuidar da saúde, fazer um curso no exterior… E não conseguem pagar a viagem por falta de recursos. Concorda?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi o que pensou o Instituto Reclame Aqui. A convite do Instituto, o apresentador e comediante Maurício Meirelles foi a Brasília cobrar os políticos para devolverem as milhas geradas com as passagens pagas com dinheiro público. É o projeto Milhas do Povo.

Maurício pressiona deputados e senadores de vários partidos para que devolvam suas milhas à população. Muitos prometeram devolver, mas é bom pressioná-los para a promessa ser cumprida, né? E dá pra pressionar os políticos de casa: usando a hashtag #milhasdopovo nas redes.

projeto pressiona políticos devolverem milhas

O projeto completo está disponível no site www.milhasdopovo.com.br, onde qualquer pessoa pode solicitar milhas para viajar, por motivo de saúde, para estudar, ou qualquer razão relevante. Os pedidos são avaliados por advogados do Instituto Reclame Aqui. Se aprovados, podem ser abraçados por qualquer político.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

projeto pressiona políticos devolverem milhasprojeto pressiona políticos devolverem milhas

O Instituto se comprometeu a revelar os nomes de todos os congressistas que se engajarem no projeto. No site também é possível conhecer os líderes de partido e senadores que mais viajaram no último ano: e cobrar deles as milhas!

Assista ao vídeo do Maurício Meirelles cobrando milhas de deputados e senadores:

Compartilhe o post com seus amigos!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

crédito das imagens: Reproduçao/Reclame Aqui

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.