Projeto de professor distribui abraços gratuitos nas semanas de provas

Clique e ouça:

O ambiente acadêmico pode ser bem estressante muitas vezes. A pressão das provas e dos trabalhos exige dos estudantes um equilíbrio emocional que a maioria não trouxe de casa. Uma dinâmica de abraços gratuitos pode desacelerar a cabeça e acalmar o coração.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

É bastante comum os estudantes irem para a sala de aula sem demonstrar que o dia está difícil. Mas podem estar apenas disfarçando a tensão que fica martelando na sua cabeça o tempo todo. Uma mistura de ansiedade com a sensação de que vai se dar mal nos exames.

Pois bem, nada é mais poderoso do que um abraço para revelar e, logo depois, abaixar essa tensão. É o que mostra a ação “Abraço Grátis”, realizada por estudantes do curso de Educação Física da Faculdade Metropolitana, em Porto Velho (RO).

A ideia ganhou forma nas aulas de Filosofia, ministrada pelo professor Fábio Macedo. “Em uma das aulas, com a gente trabalhando essa questão do ‘eu’ e do ‘outro’, os alunos apresentaram a proposta da gente pegar esse material, toda essa teoria, e levar para a prática”, conta Macedo em conversa com o Razões para Acreditar.

estudantes distribuem abraços gratuitos semanas provas
Professor Fábio Macedo à direita

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Conversa vai, conversa vem, os alunos de Macedo sugeriam distribuir abraços gratuitos no campus, principalmente nas semanas de provas, quando a cabeça dos estudantes é pura tensão. “Aí eu abracei a ideia juntamente com eles.”

O projeto começou há dois semestres. Hoje, o “Abraço Grátis” faz parte do programa do curso de Educação Física, levando um pouco de carinho e afeto para estudantes dos mais variados cursos. Toda turma nova passa por essa experiência, conta Macedo.

estudantes distribuem abraços gratuitos semanas provas

“Eu faço os estudantes pensarem sobre o que já feito. Logos depois da ação, a gente vai para a sala e faz esse debate com eles. O que apresentaram, como as pessoas viram a atividade e os depoimentos que apresentaram depois do abraço. Daí eu busco entender o que eles sentiram quando deram aquele abraço ou quando escutaram os depoimentos das pessoas e mostrar a relação que essa ação tem com a filosofia”, explica.

estudantes distribuem abraços gratuitos semanas provas estudantes distribuem abraços gratuitos semanas provas

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O estudante Paulo descreve a ação como uma corrente do bem: “Se você transmite o bem, você recebe o bem. Escolhemos a semana de prova porque costuma ser corrida, bem complicada, quando quase todos estão tensos”.

estudantes distribuem abraços gratuitos semanas provas

estudantes distribuem abraços gratuitos semanas provas

Durante a dinâmica, os alunos usam plaquinhas dizendo que estão ali para distribuir abraços e muitos vestem fantasias de super-heróis para abordar as pessoas com bom humor. Os relatos que eles compartilham com Macedo confirmam a importância de um abraço sincero e afetuoso nos colegas nas semanas de maior estresse:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Conseguíamos identificar pessoas que passavam por dificuldades e aflições. E quando começávamos a abraçar essas pessoas, alguns ficavam bastante felizes, outros choraram. O professor Fábio disse que era para estarmos com uma carga positiva. Essa carga positiva foi o que atraiu aqueles que estavam com carga negativa, onde teve aquela fusão, que foi de alegria, de tristeza, e ao mesmo tempo de alívio. E esse alívio veio para descarregar uma energia negativa”, lembra Rosivaldo.

estudantes distribuem abraços gratuitos semanas provas

A egressa do curso de Pedagogia, Mirian, contou que recebeu o abraço em plena época de elaboração do temido Trabalho de Conclusão de Curso (TCC):

“Foi muito legal porque eu e meus colegas estávamos cansados e aflitos, pois estávamos na fase crucial do término do curso. Precisávamos concluir o famoso TCC. Então, ao chegar na faculdade, eu me deparei com esses vários acadêmicos. Eles estavam fantasiados de personagens e com uma plaquinha, onde diziam distribuir abraços. No momento, confesso que fiquei um pouco receosa. Mas tive coragem e abracei o Super-Homem. Depois, abracei todos os outros porque me senti muito bem. Fiquei fortalecida e pensei ‘Poxa, ganhei o abraço do Super-Homem’. Aquele abraço serviu como uma injeção de ânimo. Foi assim que eu percebi o quanto é importante dar e receber afeto dos outros. Esse tipo de atitude renova as nossas forças e nos fortalecer.”

estudantes distribuem abraços gratuitos semanas provas

E, você, também sente falta de um abraço bem apertado quando chegam as semanas de provas na faculdade? Que tal se inspirar na ideia e começar esse movimento na instituição onde você estuda? Ah, se isso já rola, diz pra gente nos comentários!

estudantes distribuem abraços gratuitos semanas provas

crédito das fotos: Divulgação

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,051,784FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
17,392SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Homem com deficiência humilhado por atraso de salgados se surpreende com apoio: “o telefone não para”

Coisa mais linda essa corrente de solidariedade, o Rafael tá sem acreditar! Rafael foi humilhado por um cliente que não aceitou o atraso da sua...

Homem cria “restaurante” 24 horas para alimentar cachorros de rua

João Araújo mora em Palmas, no Tocantins e é gerente de uma loja de peças para motos. Ele sempre se preocupou com os cachorros de rua da...

“Eu quito!”, diz Tatá Werneck para seguidora que desabafou sobre dívidas na pandemia

A Tatá Weneck se ofereceu para pagar as dívidas de uma seguidora depois que ela postou um meme no seu Instagram. O meme é uma...

Jovem ‘zombada’ por vender sacos de lixo para ajudar a mãe não abaixa a cabeça

A estudante de enfermagem Clara Soares, 18 anos, vende sacos de lixo e panos de chão em Ceilândia (DF) para ajudar a mãe. Enquanto batia...

Adolescente recusa oferta de R$ 46 milhões por site sobre Covid-19

O que você faz quando tem 17 anos? Pensa em estudar, curtir a balada, se divertir. Mas, não o Avi Schiffmann. Ele construiu um...

Instagram

Projeto de professor distribui abraços gratuitos nas semanas de provas 13