Para não fechar as portas, projeto que resgata mais de 2 mil primatas lança campanha

O Projeto Mucky já salvou a vida de mais de 2 mil primatas brasileiros em seus 36 anos de trabalho, em Itu (SP). A equipe de veterinários do local cuida de macaquinhos feridos com todos os tipos de história, seja atropelamento, maus tratos ou queimaduras.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Referência no Brasil, o Projeto Mucky pode fechar as portas nos próximos meses por falta de verba e dívidas com fornecedores. A VOAA conta com seu apoio para salvar esta linda instituição. Clique aqui e colabore!

Desde o início da pandemia, o pessoal lá do Projeto Mucky notou uma queda de 40% das doações enviadas para o instituto. A Nota Fiscal Paulista, que é outra fonte de renda para manter o local em pleno funcionamento, também começou a repassar menos fundos para o projeto com o fechamento de diversos estabelecimentos comerciais.

Projeto Mucky cuidando de macaco
Primatas são cuidados até poderem voltar ao seu hábitat natural em segurança. Foto: reprodução/VOAA

Com gastos mensais próximos de R$ 65 mil, o Projeto Mucky tem feito o que pode para continuar aberto cuidando dos primatas que chegam ao local desnutridos, cegos e com diversas lesões graves.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Falta de recursos do projeto impede reinserção na natureza

Atualmente, 230 macacos de diferentes espécies são cuidados diariamente por 27 pessoas que formam a equipe do Projeto Mucky. Alguns destes primatas já estão prontos para voltar para a natureza, mas sem recursos para pesquisas de área, a instituição não pode devolvê-los ao seu habitat natural.

Macaco sendo cuidado no Projeto Mucky
Projeto Mucky cuida, atualmente, de 230 macacos de diferentes espécies. Foto: reprodução/VOAA

Enquanto não voltam a natureza, estes macaquinhos recebem de três a cinco refeições por dia, separadas por espécie. O tratamento que eles recebem lá é realmente magnífico, pessoal. Entre os cuidados veterinários, os primatas passam por exames sofisticados, cirurgias, hidroterapia, acupuntura, fisioterapia, terapia de florais, cromoterapia e musicoterapia.

A vaquinha da VOAA pretende salvar o projeto pagando as dívidas adquiridas desde o início da pandemia e contribuindo para que a instituição continue salvando os primatas pelos próximos meses. 🐒

Se você ainda não apoiou, clique aqui para salvar o Projeto Mucky!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,755,527SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Estudantes baianas desenvolvem dispositivo capaz de detectar doenças através do sopro

As estudantes Julia Nascimento e Natália Nascimento, naturais de Feira de Santana, na Bahia, desenvolveram um dispositivo eletrônico capaz de identificar pelo menos 15 doenças...

Jovens com Síndrome de Down conquistam autonomia

Aprendizado, responsabilidade e autonomia são algumas das conquistas alcançadas pelos jovens

Menino cria armário escolar comunitário para doar roupas a colegas necessitados

"Isso me faz sentir bem comigo mesmo, pois sei que posso fazer a diferença na minha escola", diz Chase Neyland-Square.

Orixás da cultura Yorubá vão virar personagens de histórias em quadrinhos

Quanto da nossa cultura você vê nos quadrinhos de super-heróis como o Batman, Homem-Aranha e Super-Homem? Já pensou que incrível seria se tivéssemos histórias em...

Festival sobre como a tecnologia pode solucionar questões sociais acontece neste sábado

No próximo dia 2 de setembro (sábado), ocorre a terceira edição do Festival Red Bull Basement,cujo tema é Tecnologia e Sociedade. Uma série de palestras...

Instagram