Projeto renova guarda-roupa de pessoas passando por transição de gênero

Clique e ouça:

No processo de transição de gênero, uma coisa que muda tanto quanto o corpo do homem ou da mulher trans é o seu guarda-roupa. Pessoas de baixa renda ou em situação de vulnerabilidade social têm bastante dificuldade em renovar as roupas, que é justamente o caso da maior parte da população TTT (travestis, transgêneros e transexuais).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com isso em mente, Aimê Mayara lançou o Projeto ClosetCerto, que facilita a doação e recebimento de roupas para pessoas trans. Qualquer um que tenha roupas sobrando no guarda-roupa pode ajudar!

“Escolhi fazer esse recorte porque é um grupo minoritário que tem bastante dificuldade pra renovar o guarda roupa quando inicia a transição, seja por falta de dinheiro, apoio, preconceito, enfim, diversas questões”, disse Aimê.

doação de roupas para pessoas trans

A iniciativa já estimulou doações no Rio de Janeiro, São Paulo e em Brasília, ajudando, em especial, dezenas de mulheres trans que precisavam renovar o guarda roupa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia tambémJovem cria varal e armário solidários, com doação de roupas e alimentos em Cotia (SP)

Caso você queira receber roupas, basta preencher o formulário do site, clicando aqui.

Assim que houver uma doação disponível em sua região, a pessoa que doará entrará em contato com você!

Agora se você quiser doar roupas e ajudar o projeto, basta tirar fotos das mesmas com fundo branco e enviar para o ClosetCerto clicando aqui, com as informações da localidade, tamanho e explicando se é possível entregar em mãos na cidade, informando também as opções sobre custo de frete: por conta do doador ou de quem recebe a doação.

Leia também: Estudante humilhado por usar mesma roupa todo dia ganha roupas e sapatos novinhos de colegas

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Brenda é uma das mulheres trans apoiadas pelo programa. Ela comemorou quando suas primeiras roupas femininas chegaram: “Recebi mimos em casa! O mundo vai sorrir pra gente, galera T, acreditem!”, postou ela em seu Twitter.

Conheça mais o projeto e veja as peças disponíveis para aquisição no Instagram do projeto ClosetCerto.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: Põe na Roda/Fotos: Reprodução/Twitter

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,027,050FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
12,017SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Brasileira voluntária da 2ª Guerra Mundial é hoje voluntária na luta contra o Coronavírus

A dona Blandina era adolescente quando confeccionou luvas para os soldados brasileiros da FEB (Força Expedicionária Brasileira) que lutaram na 2ª Guerra Mundial. Lá se...

Jovens antecipam casamento após saber que um deles tem apenas 5 meses de vida

Se você, assim como eu, se acabou de chorar vendo "Um amor para recordar" lá em 2002, se prepare: essa história é real, e...

Policiais unem-se a manifestantes em ato contra racismo e violência, nos EUA

É preciso tomar muito cuidado com generalizações, afinal, a profissão e a raça de uma pessoa não podem a definir. E para provar isso, diversos...

Engenheiro cria próteses gratuitas para pessoas carentes em impressora 3D

Aos 24 anos, o engenheiro industrial Guillermo Martinez decidiu usar todo seu conhecimento e criatividade em prol das pessoas carentes. Depois de comprar uma...

Pela primeira vez o Solstício de verão de Stonehenge será transmitido online

Pela primeira vez na história poderemos acompanhar o solstício de verão de Stonehenge online, o evento marca o dia mais longo do ano e...

Instagram