Projeto transforma banners de internet em spots de rádio para pessoas cegas

Para navegar na internet, pessoas com deficiência visual utilizam o leitor de tela.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Esse recurso lê cada item das páginas para o usuário. Mas infelizmente não é todo tipo de conteúdo que está acessível. Quando um cego passa por um banner ou uma imagem, o leitor de tela só é capaz de ler o código fonte da peça.

Pensando em estimular o cumprimento da lei nº 13.146/2015, que determina que os recursos de acessibilidade sejam obrigatórios em qualquer canal virtual e demonstrar a
importância da inclusão social, a Lew’LaraTBWA, em parceria com a Fundação Dorina Nowill, criou o projeto: The Hacker Spot.

Com o objetivo de tornar todo o conteúdo acessível e inclusivo, desde março a agência inseriu na linguagem de programação dos banners de diversos anunciantes, spots informativos que trazem notícias sobre cursos, leis, dicas, eventos e experiências motivacionais.

“É muito gratificante poder trabalhar com a Fundação Dorina Nowill. O Hacker Spot
transformou os banners em spots de rádio. E isso deixou a vida de pessoas com
deficiência visual melhor e criou um canal inteiramente novo com esse público.
Engraçado o rádio hackear a internet, né?”, comenta Felipe Luchi, CCO e sócio da
Lew’Lara\TBWA.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em parceria com a empresa de adserver “Predicta”, os textos das campanhas foram
aplicados sobre os códigos dos banners. Assim, o leitor de telas deixou de ler uma
série de letras aleatórias e passou a transmitir mensagens, como: “Olá, esse é o
espaço da Fundação Dorina Nowill para Cegos. Para contribuir com a inclusão e
autonomia de pessoas com deficiência visual proporcionamos programas e cursos
de reabilitação, educação especial, empregabilidade e acesso à informação.
Pressione enter para acessar nosso site e saber mais.”

Assista aqui ao videocase do projeto:

Ao final do spot escutado no banner, os usuários podem apertar a tecla “enter” e se

direcionar para o site da fundação, que também é acessível e contém informações

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

úteis sobre a deficiência visual para pessoas cegas e com baixa visão.

Para saber mais acesse: www.fundacaodorina.org.br

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: Divulgação

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,755,527SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Voluntários fazem mais de 4 mil ligações para lar de idosas em apenas três dias

Em tempos de coronavírus, uma oferta de amor. Uma campanha do Abrigo Presbiteriano, um lar de idosas localizado no Lins de Vasconcelos, no Rio...

Paixão por ônibus cria amizade entre menino de três anos e motorista

O pequeno Benicio Dini, de 3 anos, e o motorista Donizete Aparecido, de 46, se tornaram amigos por conta de uma paixão em comum:...

Adolescente emociona colegas ao superar gaguez severa

Desde muito novo o jovem Musharaf sofre de gaguez severa, problema que sempre o impediu de ler em voz alta ou até mesmo conversar...

Bienal do Rio terá tradução em libras e visitas guiadas para deficientes visuais

Em sua XIX edição, a Bienal do Rio escreve um capítulo relevante para a história do maior festival literário do país: todas as sessões...

Mergulhador paraplégico se dedica a limpar o fundo do mar Mediterrâneo

Saeed Darawshi é apaixonado por mergulho. Mesmo sendo paraplégico, ele conseguiu praticar o esporte com bastante perfeição. Agora, esse mergulhador de 29 anos, vem usando...

Instagram