Projetos incentivam o consumo de frutas “feias” e ajudam a reduzir o desperdício

A discussão sobre o desperdício de alimentos tem aumentando consideravelmente diante das toneladas de comidas que são descartadas todos os dias. Estima-se que a Europa desperdiça cerca de 300 milhões de toneladas por ano, e para conscientizar a população, em 2014, a União Europeia declarou o “Ano Europeu contra o Desperdício de Alimentos”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para sensibilizar e combater o desperdício alimentar algumas instituições criaram ações de conscientização como é o caso do Projeto Fruta Feia, em Lisboa. Um grupo de empreendedores lançou uma cooperativa onde é possível comprar dos fornecedores frutas, verduras e legumes que são consideradas feias pela sua aparência, mas que podem ser perfeitamente consumidas, pois mantêm o mesmo sabor e qualidade nutricional.

É tudo com cara de xepa. O tomate manchado, a cenoura torta, o morango pequeno. Tudo é vendido por um preço muito menor  e o consumidor além de economizar, contribui para reduzir o desperdício de alimentos.

O Projeto Fruta Feia já ajudou a evitar 37% de desperdício. É uma ideia simples e sensacional que colabora com produtor rural, o consumidor e principalmente com o meio ambiente.

2UGLYFRUIT5-slide-BXFO-superJumbo 2UGLYFRUIT5-slide-UBE6-superJumbo UGLYFRUIT-2-superJumbo-v3

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Outra campanha que combate o desperdício de alimentos foi criada pela rede francesa de supermercados Intermarchê que chamou de “frutas e legumes inglórios”.  Além das peças publicitárias que estimulavam o consumo dos alimentos feios, os clientes foram surpreendidos na seção de vegetais onde normalmente se encontram produtos bonitos, brilhantes, vistosos, e foram substituídos por alimentos feios, que provavelmente  seriam jogados fora, posicionados em destaque nas gôndolas.

Para ajudar a venda, além dos 30% de desconto, foram distribuídos sucos e sopas feitos com estes alimentos, para reforçar a ideia que o gosto fica o mesmo. A campanha aumentou em 60% a venda desses itens. Veja:

inglorious-fruits-and-vegetables-v800

Estamos programados a seguir os padrões da ditadura da estética onde o bonito é mais gostoso. Essas ações provam a mudança de um comportamento e que pequenas atitudes como comprar uma fruta feia, evita que mais comida perfeita seja desperdiçada e jogada no lixo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Crédito das fotos: Patricia De Melo Moreira/Agence France-Presse — Getty Images

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,518,910SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Startup brasileira cria mesa de games interativos que auxiliam crianças com dificuldades motoras ou físicas

A gameficação está deixando a aprendizagem mais divertida. Exemplo disso é a PlayTable, uma mesa de games interativos que auxiliam crianças com dificuldades motoras...

“Eu tenho 90 anos. Vou cair na estrada”, diz velhinha diagnosticada com câncer

Imagine perder o marido para um câncer e, como se não bastasse, ser diagnosticada com a mesma doença. É o caso da americana Norma, que...

Paraisópolis ganhou uma escola de moda gratuita em parceria com a USP

Já não é de hoje que o assunto diversidade está em pauta e no universo da moda isto não é diferente. Se nas capas...

Gaivota visita idoso que a salvou há 12 anos todos os dias

O inglês John Sumner arranjou uma inusitada amizade há 12 anos. Em 2007, ele avistou um pássaro com uma perna quebrada e decidiu cuidar...

Noiva convida avó para entrar como daminha de honra e emociona a todos em casamento

Muitas mulheres escolhem daminhas de honra para carregarem flores em seus casamentos. E vamos combinar: é sempre fofo demais. Normalmente, o casal convida crianças,...

Instagram