Usar a publicidade para gerar renda nas favelas brasileiras? Essa é a proposta do Outdoor Social

Já estamos no meio do ano! Se você está infeliz com a situação profissional no país, pode se animar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

De acordo com a Artemisia, organização pioneira na disseminação e fomento de negócios de impacto social, 2017 é um ano promissor para as empresas que atuam com soluções escaláveis para problemas que atingem a população de baixa renda.

O que isso significa?

Que os negócios sociais são capazes de gerar lucro e ao mesmo tempo alguma mudança positiva na vida das pessoas.

O objetivo de um negócio social nada mais é do que: causar impacto em uma comunidade, ampliando as perspectivas de pessoas marginalizadas pela sociedade, aliada à possibilidade de gerar renda compartilhada e autonomia financeira para os indivíduos de classe baixa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Um exemplo de negócio social quem vem causando impacto em comunidades e periferias de todo o país, é o Outdoor Social.

O negócio consiste em divulgar campanhas de cunho social ou publicitário através de outdoors/placas nas casas de moradores de comunidades a fim de empoderar e gerar renda para essa população.

Em cinco anos de atuação, o Outdoor Social já beneficiou mais de 30 mil moradores em comunidades, gerando renda de mais de R$ 2 milhões.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Outdoor Social está presente em quase 11 mil pontos, em 23 estados e no Distrito Federal, com uma equipe integrada por 25 mil pessoas.

De acordo com Emília Rabello, idealizadora do Outdoor Social, os negócios sociais buscam impacto social positivo gerado através do próprio core business do empreendimento.

“A atividade principal do negócio social deve beneficiar diretamente pessoas com faixa de renda mais baixas, as chamadas classes C, D e E, que de acordo com o IBGE, em 2010, correspondem a 168 milhões de pessoas. O Outdoor Social gera forte engajamento social e visa o empoderamento das pessoas, a geração de renda e a criação de uma rede, integrada pelos próprios moradores”, afirma.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 Saiba mais:

http://outdoorsocial.com.br/

Assista também a alguns depoimentos dos moradores, relatando como o Outdoor Social impactou positivamente a vida deles:

Fotos: Divulgação/ Reprodução Via

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,751,664SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

A emocionante reação de uma menina ao ganhar o cãozinho de estimação

Ela não queria smartphone, tablet, nada disso. Como presente de aniversário ela queria um cãozinho, simples assim. Com certeza esse pequeno animal vai ensinar-lhe...

Ceará vai receber a primeira cidade inteligente do Brasil para pessoas de baixa renda

O local vai permitir que pessoas de baixa renda deixem as áreas mais afastadas para viver em uma região com WI-Fi liberado, aplicativos específicos para os moradores, compartilhamento de bikes e motos.

Emma Watson vira personagem da ‘Turma da Mônica’ em ação que homenageia mulheres fortes

A homenagem faz parte do projeto 'Donas da Rua', que mensalmente celebra uma mulher mundialmente e historicamente importante.

No RJ, professor tira dúvidas de física e matemática de graça para quem precisar

Muitos heróis anônimos estão fazendo a diferença em nosso país e, nada mais justo que compartilharmos com vocês quem são essas pessoas. Uma foto postada...

Artista fica um ano imerso na floresta criando instalações orgânicas e psicodélicas sensacionais

Após passar um ano sozinho nos bosques de La Colle Sur Loup, na França, ele criou uma série de instalações orgânicas e psicodélicas com materiais encontrados na própria floresta.

Instagram