Publicitários criam projeto colaborativo que transforma cartinhas de Natal de crianças carentes em ilustrações

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO



O projeto “Natal Ilustrado” transforma cartinhas do Papai Noel de crianças carentes em ilustrações feitas por artistas de diferentes estilos: grafiteiros, cartunistas, designers, ilustradores, pintores etc.

O dinheiro arrecadado com a venda da edição especial e limitada do livro Natal Ilustrado 2015 será destinado integralmente à compra dos presentes de crianças de baixa renda.

A iniciativa é dos criativos André Araujo e George Gomes e a ideia é manter vivo o espírito do natal nas crianças, “estimulando a expressão artística e a participação de todas as áreas da sociedade”.

cartinha1

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

cartinha2

cartinha3

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,025,478FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
11,863SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Brasileira voluntária da 2ª Guerra Mundial é hoje voluntária na luta contra o Coronavírus

A dona Blandina era adolescente quando confeccionou luvas para os soldados brasileiros da FEB (Força Expedicionária Brasileira) que lutaram na 2ª Guerra Mundial. Lá se...

Batismo de bebê conta com bençãos de familiares católicos, espíritas, evangélicos e umbandistas

Quando completou três meses de vida, o pequeno Iago recebeu as bençãos de sua família, cada qual à sua maneira: uma avó é católica,...

Com 4 filhos pequenos, dona de casa abandonada por marido recebe apoio de internautas

A jovem mamãe Andreza Santos Araújo, 23 anos, mora e cria sozinha seus quatro filhos pequenos em Várzea Grande, Mato Grosso. Desde que o...

Em vídeo fofo, filho com paralisia cerebral conta para pai que está apaixonado. Veja!

Ai, socorrooo! O Biel tá apaixonado, esse sorriso não engana ninguém! 😍 Biel tem paralisia cerebral e ama um triatlo! Ele e o pai, o...

Jovens antecipam casamento após saber que um deles tem apenas 5 meses de vida

Se você, assim como eu, se acabou de chorar vendo "Um amor para recordar" lá em 2002, se prepare: essa história é real, e...

Instagram