Que tal viajar o mundo ajudando pessoas e animais?

Querendo dar outro rumo para vida? Que tal viajar o mundo ajudando outras pessoas ou animais?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Essa é a proposta do projeto Para Onde?, criado pela portuguesa Inês Ferrão, um site que reúne mais de 150 oportunidades em 68 países, ou seja, não sai do lugar quem não quer.

Segundo o site Nômades Digitais, ela é formada em Serviço Social e começou sua trajetória com voluntariado no Brasil, nas comunidades do Rio de Janeiro. Voltou para Portugal, passou pela Itália e de novo o Rio. Foi graças a sua experiência e paixão que o site nasceu.

Tem todo o tipo de oportunidade. Aquelas work exchange, em que  o trabalho é pago com cama e refeições, por exemplo, os de baixo custo, em que a comunidade pede pequenas contribuições, além do tempo de duração, que pode ir de 2 meses até 2 anos.

Ainda na matéria para o Nômades Digitais, eles pediram para a autora escolher 5 de seus projetos favoritos em cada continente. As respostas, listadas abaixo, mostram um pouco do que você pode encontrar por lá:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ásia

Sambhali Trust – Apoiar crianças e mulheres na Índia
Peduli Anak Foundation – Contribuir para um orfanato na Indonésia
OBT Camboja – Ajudar em um centro educativo no Camboja
Sols Timor – Ensinar português em Timor-Leste
Build a School for Nepal – Ajudar a construir uma nova escola no Nepal

África

From Kibera With Love – Apoiar crianças na maior favela africana, no Quênia
Delta Cultura – Ajudar em vários projetos comunitários em Cabo Verde
Drakenstein Lion Park – Fazer parte da proteção de leões na África do Sul
Mama Hope – Fazer parte de um programa educativo nas áreas do desenvolvimento comunitário e capacitação
Dream Africa Care Foundation – Apoiar projetos nas mais diversas áreas no Gana

Américas

Aldea Yanapay – Trabalhar com educação e desenvolvimento em uma comunidade de Cusco, no Peru
Constru Casa – Construir casas para famílias carenciadas na Guatemala
Supporting Guasa – Ensinar Inglês e capacitar meninas na República Dominicana
Compass Green Project – Sensibilizar para a proteção ambiental nos Estados Unidos
The Amazon Animal Orphanage and Pilpintuwasi Butterfly Farm – Cuidar de animais selvagens no Peru

Europa

International Bauorden – Fazer parte de um campo de voluntariado de construção na Europa
Her Yerde Sanat – Contribuir na área das artes e circo com refugiados na Turquia
Pro International – Apoiar um projeto de voluntariado na Alemanha
Why Not – Viver sob os princípios da permacultura e harmonia com a natureza em Malta
Kuterevo Bear Refuge – Sensibilizar para a proteção de ursos na Croácia

Para ficar a par de todas as novidades, siga o projeto no Facebook ou Instagram.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

dreamafrica1 dreamafrica2 dreamafrica3 malta malta2 malta4

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,569,612SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Funcionários doam mais de 3000 horas extras para colega poder cuidar de filho doente

A vida não tem sido muito fácil para o alemão Andreas Graff, que no ano passado perdeu sua esposa por problemas cardíacos e, recentemente,...

Jovens pedem e idosos dão 10 conselhos valiosos para uma vida mais plena

A Santa Casa de Misericórdia de Alpalhão, em Portugal, reuniu alguns idosos do seu alojamento coletivo para uma sessão de fotos pra lá de...

Após receber uma ‘câmara de ar remendada’ no lugar do presente, menino recebe apoio de internautas

“A reação dele foi apenas chorar e dizer que não tinha sido aquilo que ele pediu. Partiu o meu coração”, contou a mãe

Salva-vidas: Labradora já resgatou 52 vítimas do terremoto no México

Um terremoto no México de magnitude 7,1 atingiu o centro do país na última terça-feira, dia 19, matando mais de 230 pessoas e ferindo...

Polícia do Paraná desmonta “rinha” de pitbull no interior de São Paulo

Os cães que sobreviveram receberão todo o atendimento médico necessário e, depois de castrados e adestrados, irão para a adoção.

Instagram