Cidade queniana ganha dispositivo que transforma água do mar em potável usando energia solar

De cada 100 litros de água em nosso planeta, 97 é salgada e imprópria para o consumo. Assim, a invenção de uma usina de dessalinização que transforma milhões de litros de água do mar em água potável é uma revolução por si só.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Esta inovação está sendo levada adiante pela Solar Water Solutions (SWS), uma empresa finlandesa que está muito próxima de oferecer ao mundo água potável essencialmente ilimitada por meio de sua tecnologia exclusiva de dessalinização sem emissões de carbono e com custo operacional zero.

O dessalinizador está sendo implantado na cidade de Kitui, no Quênia, graças ao apoio do grupo holandês Climate Fund Managers como parte de uma meta de longo prazo de fornecer água para 400 mil quenianos que vivem em áreas rurais até 2023.

Para isso, a SWS ‘embalou’ sua planta de dessalinização em um contêiner, tornando mais fácil e eficiente o envio de 200 unidades para a costa litorânea de Kitui, onde a tecnologia converterá entre 4.000 e 7.000 litros por hora de água do mar, ou 10.000 litros por hora de água salobra, totalmente alimentada por painéis solares.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Através desta parceria com o CFM e com a cidade de Kitui… podemos juntos revolucionar o acesso à água segura a preços acessíveis na zona rural do Quênia”, disse Antti Pohjola, CEO da Solar Water Solutions. “Este projeto marca um avanço na infraestrutura de água movida a energia solar.”

O SWS usa a osmose reversa, um método que, embora eficaz, demonstrou ser perigoso para os ambientes humanos e naturais.

Um estudo de 2007 detalhou que os resíduos dessa técnica são suscetíveis a incrustação e descamação, e devem ser limpas com produtos químicos que podem ser tóxicos para as águas receptoras.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O subproduto da osmose reversa é uma salmoura frequentemente contaminada duas vezes mais forte do que a água do mar normal, que é mortal para a matéria vegetal na área.

Para superar o problema, a SWS projetou seu produto para exigir muito pouca manutenção e, desde que a salmoura do subproduto seja descartada de maneira adequada, nenhum dano ecológico deve ocorrer durante o processo de dessalinização.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: GNN
Fotos: Reprodução / YouTube / Solar Water Solutions

Junto à Stone, viajamos o Brasil para mostrar negócios que muita gente acha que não daria certo na nossa terrinha – e dão! Veja o 1º EP da websérie E se fosse no Brasil?

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,843,411SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Um dos pedidos de casamento mais radicais e inesperados dos últimos tempos

O americano Matthew Gencarella fez uma surpresa impressionante para a namorada, Brynn Hathaway, e a pediu em casamento enquanto os dois praticavam wakeboard. Quando os...

Empresário baiano cria banheiro itinerante para que moradores de rua possam tomar banho

Empresário de Vitória da Conquista, o baiano Cláudio Lacerda iniciou uma campanha para ajudar os moradores de rua da sua cidade. O “Banho Solidário”...

Expedição viaja o mundo atrás de ações de voluntariado

A Expedição Mutare é formada por um grupo de voluntários que vão dedicar um ano inteiro para rodar toda a América Latina com a...

Professor visto pedindo emprego semáforo é contratado com ajuda das redes sociais

O analista de sistemas Jair da Silva, de 61 anos, conseguiu voltar ao mercado de trabalho depois que a história dele pedindo emprego no...

17 momentos lindos do Carnaval 2019 que merecem ser compartilhados

Tem a "Moana" cantando ANUNCIAÇÃO, foliões dando dinheiro para um catador, a Ivete Sangalo comprando o isopor de uma vendedora arrasada e muito mais!

Instagram