Cientistas descobrem tratamento que evita perda de cabelo causada pela quimioterapia

Um grupo de pesquisadores da Universidade de Manchester, no Reino Unido, descobriu uma maneira de proteger o folículo piloso da quimioterapia, em um esforço para evitar a queda de cabelo como resultado de tratamentos contra o câncer.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A novidade foi publicada no prestigiado periódico científico EMBO Molecular Medicine.

O professor Ralf Paus, do Centro de Pesquisa Dermatológica da instituição, explora em seu laboratório as propriedades de uma classe mais nova de medicamentos chamada inibidores de CDK4 / 6, que bloqueiam a divisão celular e já é aprovada clinicamente nas chamadas terapias contra o câncer “direcionadas”.

“Embora a princípio isso pareça contra-intuitivo, descobrimos que os inibidores da CDK4 / 6 podem ser usados temporariamente para interromper a divisão celular sem promover efeitos tóxicos adicionais no folículo piloso”, explica o médico oncologista Talveen Purba, principal autor do estudo.

Cientistas medicamento evita perda cabelo sessões quimioterapia

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Quando banhamos os folículos capilares do couro cabeludo humano cultivados em órgãos com inibidores da CDK4 / 6, os folículos capilares ficaram menos suscetíveis aos efeitos prejudiciais da quimioterapia”, diz.

Leia também:

Medicamentos utilizados na quimioterapia

Entre as sessões de quimioterapia, são utilizados medicamentos para tratar carcinoma de mama ou pulmão, que causam bastante ansiedade e apreensão entre os pacientes com câncer devido à perda de cabelo.

Os pesquisadores esperam que seu trabalho ajude a desenvolver medicamentos que retardem a perda de cabelos a curto e longo prazos.

“Apesar do fato de serem usados há décadas e há muito tempo causam queda de cabelo, só agora estamos medindo a extensão de como eles danificam o folículo piloso humano”, disse Purba.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Precisamos de tempo para desenvolver ainda mais abordagens como essa para não apenas prevenir a perda de cabelo, mas promover a regeneração folicular em pacientes que já perderam o cabelo devido à quimioterapia”, concluiu.

Fonte: GNN/Foto destacada Via

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,777,821SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Equipe médica leva paciente com doença neurológica ao cinema para comemorar aniversário da filha

No último dia do mês de fevereiro, o contabilista Carlos Roberto Bernadino, de 55 anos, surpreendeu a filha Manuela ao comparecer no Cine Criciúma 1,...

Garotinho autista que se perdeu é encontrado protegido por seus dois cães

Um garotinho autista de 3 anos foi encontrado por policiais depois de se afastar de sua casa em Ponce de Leon, na Florida (EUA),...

Estudantes britânicos desenvolvem dispositivo que captura microplásticos liberados por pneus e reduz poluição

Um grupo de estudantes britânicos conhecido como The Tire Collective acaba de ser selecionado para o prêmio James Dyson 2020, com uma invenção incrível! Eles...

Projeto empodera meninas de comunidades com aulas sobre autoestima e liderança

O "Plano de Menina" tem como objetivo dar voz e oportunidades a meninas de comunidades do país.

Cuidadora conta como é a rotina com paciente com mieloma múltiplo

Ter a companhia de alguém com certeza deixa a vida mais leve, ainda mais em casos nos quais isso não é apenas uma escolha...

Instagram