É ela! Rayssa Leal, a Fadinha, conquista a prata no skate feminino aos 13 anos e entra para a história

0
3098
rayssa leal fadinha leva medalha prata skate olimpíadas toquio

O que você fazia aos 13 anos de idade? A menina de Imperatriz do Maranhão que viralizou seis anos atrás andando de skate com roupa de fadinha sagrou-se vice-campeã olímpica e se tornou a atleta mais jovem a subir num pódio defendendo o Brasil na história dos Jogos Olímpicos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Brasil parou para ver Rayssa Leal conquistar uma medalha na final do street feminino na madrugada de domingo para segunda-feira. Atual vice-líder do ranking mundial, Rayssa entregou tudo no Ariake Urban Sports Park, em Tóquio. Conquistou a medalha de prata e fez o país inteiro vibrar!

Sabia que agora o Razões tem um livro? O Que Eu Aprendi Até Agora 50 Conselhos Inspiradores Para Uma Vida Cheia de Razões Para Acreditar! está em pré-venda até 15/08. Comprando o seu exemplar agora , ganhe um brinde especial + frete grátis, clique aqui

A medalha de ouro ficou com a japonesa Momiji Nishiya, cinco meses mais velha que Rayssa. O pódio foi completado pela compatriota Funa Nakayama.

skatista rayssa leal fadinha
Maior ídolo teen do esporte nacional que fala? Foto: Reprodução/Instagram @rayssalealsk8

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Visivelmente emocionada, a Fadinha dedicou a medalha às companheiras, Pâmela Rosa e Leticia Bufoni, que não se classificaram para a final da modalidade, e para todas as meninas do Brasil.

“Eu estou muito feliz, porque pude representar todas as meninas, a Pamela e a Leticia que não se classificaram, todas as meninas do skate e do Brasil. Poder realizar meu sonho de estar aqui e ganhar uma medalha é muito gratificante. Meu sonho e sonho dos meus pais”.

Ouro quase veio

Rayssa entrou pra valer na briga por um lugar no pódio em sua terceira tentativa de uma manobra no corrimão: recebeu nota 4.21. Ela já tinha quatro notas para compor a pontuação e, naquele momento, liderava.

Na quarta tentativa, mandou bem de novo, ganhando nota 3.39 dos juízes. Na quinta e última, errou e caiu, o que tirou sua chance de medalha de ouro.

Mas quem disse que a cor da medalha importa, não é mesmo? Ouro, prata ou bronze, poderia ser qualquer uma. O mais importante é que Rayssa Leal é nossa! Além do talento, já repararam no seu carisma? Um ídolo também é feito disso. 🥰

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

rayssa leal levanta medalha prata skate street feminino olimpíadas tóquio
Foto: Reprodução/Instagram @rayssalealsk8

Em 2015, Rayssa disse que seu maior sonho era se tornar skatista profissional. “Ganhei vários prêmios. Eu treino muito para conseguir”, revelou na época.

Hoje, o discurso é de uma menina que fez história: “Fizemos história. Eu não sei explicar tudo que estou vivendo. Só sei agradecer. Obrigada Deus. Obrigada Família, amigos. E a todos vcs que torceram muito”.

/O início do sonho

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

/Deu tudo certo

Demais, demais, Rayssa! 🛹

Quer mais uma história inspiradora? Dá o play!

Sabia que agora o Razões tem um livro? O Que Eu Aprendi Até Agora 50 Conselhos Inspiradores Para Uma Vida Cheia de Razões Para Acreditar! está em pré-venda até 15/08. Comprando o seu exemplar agora , ganhe um brinde especial + frete grátis, clique aqui

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.