Reaproveitamento de smartphones agora pode salvar florestas

Imagine poder dar uma destinação adequada ao seu smartphone usado, seria legal né? Agora multiplique isso por um milhão, ok, exagerei, mas potencialize isso e entenderemos o que os caras do Rainforest Connection estão fazendo. E é genial!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Tido como a segunda atividade humana de maior impacto na emissão de gases do efeito estufa, o desmatamento das florestas é um grande problema, mas que nos tempos atuais com tantos satélites e tecnologia disponível não deveria causar tanto estrago, infelizmente, parece não ser a prioridade de muitos governantes. Fica uma observação legal: o Brasil é referência no combate ao desmatamento, com uma redução de 84% no período entre 2004 e 2012, ganhando até um prêmio da ONU por isso, confira aqui.

É aí que entra a brilhante ideia de Topher White, desenvolvedor do aparelho. Os smartphones usados são transformados em uma espécie de “ouvido” da floresta, os aparelhos são adaptados, ganham autossuficiência através de painéis de energia solar e são escondidos nas próprias árvores, de onde monitoram o som ambiente. Qualquer alteração significante (uma árvore caindo ou motosserra funcionando, por exemplo) em um raio de 1 quilômetro é detectada e o alerta é enviado através da própria tecnologia GSM do celular. Trata-se da primeira tecnologia em tempo real para esse fim. Devido ao tamanho impacto dos desmatamentos, a estimativa é de que cada “guardião” instalado reduza a emissão de carbono ao equivalente à 3.000 carros, salvando uma área de 3,14 km² de floresta. Abaixo, vídeo e infográfico esclarecem melhor:

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=qEHH9VSWYTI&list=UUaD3OqOk2pPDvm-rmgyaQlg”]

infografico

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

infografico2B

ScreenShot042

10834461514_b69e692158_c

10834924195_383beff3d0_c

Simples e incrível, não?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer uma outra dica legal? Ao comprar móveis ou outros produtos derivados da madeira, como folhas de sulfite por exemplo, opte pelos que tem o selo do FSC (Forest Stewardship Council – Conselho de Manejo Florestal) que certifica empresas e produtos com o processo de extração devidamente regulamentados e de menor impacto possível, o que já é uma outra maneira de reduzir a extração ilegal de madeira.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,864,101SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Professor devolve carro ganho em rifa para ajudar família que fez sorteio no PR

Logo após descobrir que havia ganhado um carro graças à uma rifa, um professor de educação física de Marmeleiro (PR) devolveu o veículo para...

Vídeo mostra momento em que avó conhece netinha adotiva pela primeira vez

Foi um processo longo, mas depois de um ano finalmente o casal estava com sua filha adotiva em casa. Mas faltava contar a novidade para...

Artista cego surpreende com suas telas coloridas e diz que a arte o salvou

O norte americano John Bramblitt teve uma infância cheia de desafios, com diversas crises de epilepsia a partir dos dois anos de idade. Sem...

Tommy Hilfiger lança coleção adaptada para crianças e adultos com deficiência

As roupas da marca Tommy Hilfiger agora podem ser usadas por qualquer pessoa. O designer acaba de lançar uma nova coleção de roupas adaptáveis...

Relato de operadora pernambucana sobre acolhimento de empresa na sua transição de gênero viraliza

Em junho comemoramos o mês do Orgulho LGBT+, momento em que há mais visibilidade para o movimento que se organizou pela primeira vez lá...

Instagram