Recadinho aos pais sobre “Dia da Família” de escola municipal de SP viraliza na internet

O mundo está mudando e precisamos dessas mudanças, principalmente quando ela começa na escola com nossas crianças.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os ambientes de ensino precisam se adaptar às novas realidades e isso quer dizer questionar o que sempre fizeram, porque ainda o fazem e se seria a forma mais intelinge continuar fazendo.

Em um desses momentos de reflexão, o EMEI Desembargador Dalmo do Valle Nogueira, que fica no bairro da Vila Sônia, em São Paulo, resolveu que não iriam mais celebrar certas datas.

E para explicar aos adultos responsáveis, postaram em seu Facebook oficial o seguinte recado abaixo (e que é uma verdadeira voadora).

Confira a publicação abaixo:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Prezadas famílias,
Em mais um ano de bastante discussão, a escola resolveu não realizar eventos nas tradicionais “datas comemorativas” (páscoa, dia das mães, dia dos pais, natal, etc). Achamos importante dividir com vocês algumas razões:
1) As datas comemorativas foram tomadas por um aspecto muito comercial (compras, presentes, consumo) e reforçar essa ideia (do carinho estar necessariamente ligado ao presente) não faz parte dos nossos objetivos;

2) Dia das mães e dia dos pais desconsideram a diversidade das famílias existentes. Tem família que não tem mãe presente, família que não tem pai, famílias dos mais variados tipos. Por que dar tanto valor para o dia das mães e dos pais sabendo que não corresponde à realidade de todas nossas crianças? Não seria muito melhor fazer “dia da família”? Achamos que sim!

3) A escola pública é laica e não professa nenhum credo, respeitando a pluralidade de religiões de nosso povo. Portanto, datas comemorativas cristãs não serão tema do nosso dia a dia por também considerarmos que a religião é da intimidade de cada família e deve ser tratada em casa.

4) Algumas festas insistem em colocar as crianças em “apresentações” que acabam se tornando uma tortura para professoras e crianças: ensaios, vergonha de participar e se apresentar, tristeza pela ausência de um familiar na apresentação, choro… Podemos brincar muito de cantar e dançar na escola sem ter que passar por momentos como esse. A intenção da apresentação tem q surgir da própria criança, e não somente responder a um desejo do adulto.

A nossa escola é espaço de cultura brasileira e trabalharemos para ampliar o repertório de todas as crianças, sem discriminação e exclusões. Todas as famílias são bem vindas nos eventos abertos e também para conhecer o nosso trabalho, que busca trazer novidades e conhecimentos, sempre respeitando as crianças pequenas e seu modo vivo e alegre de ser.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Atenciosamente,
Emei Des. Dalmo do Valle Nogueira

Sobre datas comemorativas…Prezadas famílias, Em mais um ano de bastante discussão, a escola resolveu não realizar…

Publicado por Emei Dalmo Do Valle Nogueira em Segunda, 21 de março de 2016

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Super Pride

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,839,477SeguidoresSeguir
24,826SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Em vídeo emocionante, menino de 8 anos sonha ser poeta ‘como Bráulio Bessa’ para ajudar a família

O pequeno poeta mora no interior do Pará e mora com a avó que é cega numa casinha simples.

ONG ajuda escolas de ensino especial com consultorias de gestão e reformas totalmente grátis

Estima-se que 15%, ou 24.600.256 (IBGE 2000), das pessoas no Brasil apresentam algum tipo de deficiência, seja ela física, auditiva, visual ou intelectual. Boa...

Desde os 6 anos, príncipe da Dinamarca estuda em escola pública

O príncipe da Dinamarca, Christian, filho dos príncipes herdeiros Frederik e Mary, é o primeiro membro da Casa Real dinamarquesa a ingressar em uma escola...

Webdesigner parou de cobrar por seu trabalho e não se arrepende do que aconteceu

Um pai, e diga-se de passagem, de um bebê lindo, à alguns anos atrás chegou na conclusão de que, trabalhar em um emprego tradicional...

Instagram

Recadinho aos pais sobre “Dia da Família” de escola municipal de SP viraliza na internet 3