Programa de inovação da Red Bull impulsiona empreendedores sociais

A Red Bull já é conhecida por festivais de música e atividades com atletas. Mas sabia que a empresa também tem um setor que promove e fomenta a inovação social?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Um de seus programas é o Red Bull Amaphiko, que conecta e impulsiona empreendedores sociais que usam seus talentos e energia para trazer soluções a desafios sociais, transformando realidades.

“Asas” em zulu, Amaphiko surgiu em 2014, na África do Sul, e se transformou em uma plataforma global para empreendedores sociais que criam mudanças positivas por meio da inovação. No Brasil, o programa atualmente conta com uma rede de 45 empreendedores nas mais diversas áreas: sustentabilidade, justiça social, educação, dança, acessibilidade e por aí vai.

Alguns projetos, com destaque nacional e mundial, são o Pimp My Carroça, do artista Mundano, que luta para tirar catadores de materiais recicláveis da invisibilidade, e o Politize!, plataforma de educação política referência no país.

O Red Bull Amaphiko realiza uma ‘academia’, em que 15 projetos são selecionados para residência de 10 dias com inovadores, empreendedores e contadores de histórias do mundo. Depois disso, recebem suporte individual com um mentor experiente, que ajuda a atingir todo o potencial, desenvolver um plano estratégico de negócios e dar vida às suas ideias, durante 18 meses. Desde a primeira edição em Soweto, na África do Sul, em 2014, a Red Bull Amaphiko se espalhou para São Paulo, Cidade do Cabo e Baltimore.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“O programa olha para as pessoas que fazem parte dos projetos e não só o negócio que ela está à frente e isso fez uma grande diferença para tomada de decisões mais certeiras”, ressalta Ariane Santos, criadora da Badu Design e participante da turma de 2017.

A empresa social de Curitiba produz materiais de papelaria, decoração e acessórios com resíduo têxtil das indústrias, empregando mulheres em situação de vulnerabilidade social. Por meio da Red Bull Amaphiko, teve apoio para a primeira exportação, para Áustria.

O programa também realiza um festival anual, que vai para sua terceira edição em dezembro de 2018 e acontecerá pela primeira vez no bairro do Grajaú, em São Paulo, visando fomentar o empreendedorismo social local (confira a programação aqui). Apoia ações e eventos pontuais ao longo do ano por todo o país, como o Amaphiko Conexão, que este ano reuniu mulheres empreendedoras de Santa Catarina, e a 4ª Conferência SSEX BBOX, encontro anual que discute questões relativas à população LGBTQIA+.

Mais impacto social

A área de inovação social também conta com o programa Red Bull Basement, focado em apoiar ações que usam a tecnologia como ferramenta de impacto social. Surgiu em 2015 no Brasil e hoje está presente em 22 países, inclui uma residência hacker, um makerspace, palestras regulares, um festival anual e o Basement University, focado em soluções para o cotidiano universitário.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Conheça mais clicando aqui.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

crédito da foto: Reprodução/Red Bull Amaphiko

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,839,477SeguidoresSeguir
24,799SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Filho paga a casa dos pais com dinheiro de aplicativo e faz surpresa emocionante para contar a eles

Por esse presente, eles realmente não esperavam. Um jovem programador de aplicativos de Nova York resolveu surpreender seus pais neste Natal com um presente...

Estudantes de Medicina doam dinheiro arrecadado da formatura para hospital

Um destino nobre para um dinheiro que normalmente é dividido entre os próprios formandos.

Reino Unido vai pedir perdão a homossexuais condenados por sua orientação sexual

O governo britânico emitiu um comunicado na quinta-feira (20) dizendo que vai perdoar pessoas condenadas pelo “crime” de serem homossexuais.

Google coloca no mercado colher que diminui o tremor das mãos de pacientes com Parkinson

Um ato que para todos é quase automático, para pessoas com Parkinson pode ser um desafio, de alimentar sozinho com talheres. Os tremores que...

Morador do Paraná transforma jardim em miniatura de trânsito para presentear sobrinhos

O jardim da residência de Silvio Oliveira, em Cianorte (PR), mais parece uma aula de trânsito e cidadania. Com muita criatividade, ele compôs o...

Instagram

Programa de inovação da Red Bull impulsiona empreendedores sociais 2