Mulher reforma bonecas do lixo e doa para crianças carentes

As bonecas recebem um tratamento para princesa nenhuma botar defeito: banho de ofurô, hidratação no cabelo, corte, penteado e figurino novo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Elas recebem esse cuidado das mãos carinhosas de Antônia Portela, 49 anos, moradora de Belford Roxo, no Rio de Janeiro. A educadora ambiental sai para a rua de manhã com uma caixa de papelão embaixo do braço procurando bonecas em cestos de lixo das casas do bairro onde vive, segundo reportagem do programa Domingo Espetacular, da Rede Record.

Depois que enche a caixa, é hora de voltar para o ateliê que Antônia montou no segundo andar da sua casa e dar às bonecas um tratamento de princesa. É uma perna que está faltando, a mãozinha que está mordida, porque está sem roupa, tudo isso, segundo Antônia, é motivo para as pessoas jogarem os brinquedos no lixo.

Leia também: Artista cria bonecas com vitiligo para promover a autoaceitação das crianças com a doença

A reciclagem está no sangue da família. Antônia aprendeu a importância de reutilizar tudo o que puder com a mãe, dona Damiana, catadora de lixo, e também com pai dela, que era gari e trazia para a filha bonecas encontradas no lixo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para as crianças, o dia em que Antônia sai distribuindo as bonecas é como um “Dia das Crianças” ou “Natal” fora de época. De porta em porta, ela explica para os pais ou responsáveis pelas crianças a origem dos brinquedos e deixa os pequenos escolherem a boneca ou o boneco que mais conquistou seu coração.

Assista à reportagem:

Foto de capa © Domingo Espetacular/Reprodução

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,833,091SeguidoresSeguir
24,677SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Garoto perde celular e vira mini chef para comprar um aparelho novo

O mini chef Fernandinho começou a vender um pão recheado no trabalho da mãe. Em menos de um mês, ele tinha o dinheiro que precisava para comprar um celular novo.

Pedreira caprichosa de SP viraliza com trabalho detalhista e ganha novos clientes

Um monte de gente quer contratar Lia após ela viralizar com trabalho caprichoso e detalhista.

Homem encontra R$ 7 mil e espera dono voltar à agência bancária para devolver dinheiro

“Eu achei que devia devolver o dinheiro. Algumas pessoas falaram que eu não devia devolver porque dinheiro não tem dono, mas o dinheiro não era meu e eu queria dormir”, diz Milton.

Paciente que nunca teve fotos ao lado do filho ganha book de voluntários

Imagine você, ao sair da sala de parto, após ganhar o primeiro filho, descobrir um câncer e, com isso, ficar impossibilitada de conviver com...

Mãe viaja mais de mil quilômetros para adotar menina com síndrome de down

Até onde o amor de mãe pode levar? Para Paola, ele não mede distâncias. A goiana esperou cuidadosamente para alcançar o desejo de adotar...

Instagram

Mulher reforma bonecas do lixo e doa para crianças carentes 2