Religiões afrobrasileiras passam a ter mesmos direitos de igrejas em Salvador

Religiões de matriz africana por muito tempo tiveram direitos jurídicos e administrativos negados. Os mesmos direitos que igrejas e templos de outras religiões já possuem.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para mudar essa realidade, a prefeitura de Salvador, cidade com mais de 1,2 mil terreiros de Candomblé, Unzon, Mansu, Centros de Caboclo, Centros de Umbanda, Kimbanda, Ilê, Ilê Axé, Kwé e Humpame, publicou um decreto que garante a essas religiões direitos como imunidade tributária e facilidade para se organizarem juridicamente.

“Essas entidades possuem formas próprias de organização e são de extrema importância cultural, social e econômica, utilizando conhecimentos, inovações e práticas geradoras e transmitidos pela tradição”, disse Ivete Sacramento, secretária municipal de Reparação.

Com informações do Garantia de Direitos

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,500,572SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Ariana Grande doa R$ 1 milhão para ONG de apoio à saúde reprodutiva

A cantora Ariana Grande doou US$ 250 mil (R$ 1 milhão) para a Federação de Paternidade Planejada da América (ou Paternidade Planejada), uma organização sem...

Empresário doa enxoval para atendente de call center grávida que passa dificuldades financeiras

O empresário baiano Fritz Paixão, dono da Clean New, empresa de blindagem de estofados, surpreendeu uma atendente da Vivo nessa semana! Depois de ligar para...

Homem faz o parto da própria filha na portaria do prédio e compartilha o dia mais emocionante de sua vida

Dizem que nenhum dia se compara ao dia do nascimento de nossos filhos. No entanto, se olhar para a carinha de seu bebê pela...

Grupo do WhatsApp com 257 mulheres arrecada alimentos para famílias carentes na PB

Um grupo do WhatsApp chamado de 'Clube da Luluzinha' conta com 257 mulheres dedicadas a arrecadar alimentos que serão doados para as famílias carentes...

Arrasado, jardineiro tem sua bicicleta de trabalho roubada e recebe apoio de desconhecidos

Seu Queiroz é um querido, na cidade de Lorena (SP). Ele tem 47 anos, é jardineiro, e utiliza uma bicicletinha para fazer seu trabalho....

Instagram