Startup testa remédio digital para curar dores crônicas

Parece ficção científica, mas só parece mesmo. Ao invés de tomar um comprimido para curar a dor, o físico Marcelo Sousa acredita que as pessoas poderão ser curadas com luz.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Doutor em fotoneuromodulação – área de que estuda os feitos da luz nos neurônios –, o fundador da Brigth Photomedicine explicou que a luz emitida pelo remédio digital estimula o corpo a reagir para combater a dor. Assim como o organismo reage quando recebe uma substância química, explicou Sousa para a EXAME.

Leia também:

Designer cria máquina que serve remédios na hora marcada

Enfermeira cria ‘potes de remédios’ para orientar pacientes idosos

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quando a região afetada pela dor recebe a luz, as células reagem à dor e passam a produzir remédios para combatê-la. Segundo Sousa, o dispositivo é capaz de tratar 90% dos tipos de dores, inclusive dores crônicas: problema que atinge 37 dos brasileiros, de acordo com uma pesquisa da Sociedade Brasileira para Estudo da Dor (SBED).

O produto de Sousa será testado em pacientes que sofrem com artrose no Hospital das Clínicas de São Paulo, no início de 2019, visando melhorias. Os pacientes serão divididos em três grupos de 30 pessoas: um de pessoas saudáveis, outro de pessoas com a doença, que receberão o tratamento com o dispositivo, e o último receberá um placebo.

Os pacientes receberão dez aplicações do remédio digital durante o tratamento. A dose do remédio será determinada por dois fatores: as características da doença que está sendo tratada e as características do paciente (cor da pele, peso, idade e gênero).

Sousa pondera que é um tratamento complementar ao analgésico, mas os especialistas estão otimistas. Eles têm motivos para isso: os estudos iniciais da Brigth Photomedicine apresentaram uma resposta positiva com 80% dos pacientes que sofriam com diversos tipos de dores crônicas.

crédito da foto: Brigth Photomedicine

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM







Startup testa remédio digital para curar dores crônicas 1

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,088,806SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Chegam ao mercado alianças de casais do mesmo sexo

A Casa das Alianças acaba de lançar sua coleção de alianças focada no público LGBT, seguindo o caminho de empresas de outros segmentos. “Cada vez...

Cego desde os 6 anos, homem reflete sobre a falta de acessibilidade no Brasil

O Marcos Lima foi o primeiro cego brasileiro a esquiar, mas encontra dificuldades para pegar um ônibus no Rio de Janeiro.

Brasileiras transformam turismo em Berlim com projeto inovador

O turismo na capital alemã nunca mais será o mesmo.

Comida para quem precisa e renda para quem produz: campanha doa 125 mil refeições à população de rua (SP)

Nas ruas, pessoas que ansiavam por um prato de comida. Dentro de suas casas, outras que perderam os seus empregos. Dois grupos distintos, mas...

[VÍDEO] Foca amigável pula nas pranchas de esportistas e se sente em casa

Quem já visitou algum parque ecológico sabe que por todos os cantos há avisos pedindo para evitar tocar e interagir mais de perto com...

Instagram

Startup testa remédio digital para curar dores crônicas 2