Startup testa remédio digital para curar dores crônicas

Parece ficção científica, mas só parece mesmo. Ao invés de tomar um comprimido para curar a dor, o físico Marcelo Sousa acredita que as pessoas poderão ser curadas com luz.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Doutor em fotoneuromodulação – área de que estuda os feitos da luz nos neurônios –, o fundador da Brigth Photomedicine explicou que a luz emitida pelo remédio digital estimula o corpo a reagir para combater a dor. Assim como o organismo reage quando recebe uma substância química, explicou Sousa para a EXAME.

Leia também:

Designer cria máquina que serve remédios na hora marcada

Enfermeira cria ‘potes de remédios’ para orientar pacientes idosos

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quando a região afetada pela dor recebe a luz, as células reagem à dor e passam a produzir remédios para combatê-la. Segundo Sousa, o dispositivo é capaz de tratar 90% dos tipos de dores, inclusive dores crônicas: problema que atinge 37 dos brasileiros, de acordo com uma pesquisa da Sociedade Brasileira para Estudo da Dor (SBED).

O produto de Sousa será testado em pacientes que sofrem com artrose no Hospital das Clínicas de São Paulo, no início de 2019, visando melhorias. Os pacientes serão divididos em três grupos de 30 pessoas: um de pessoas saudáveis, outro de pessoas com a doença, que receberão o tratamento com o dispositivo, e o último receberá um placebo.

Os pacientes receberão dez aplicações do remédio digital durante o tratamento. A dose do remédio será determinada por dois fatores: as características da doença que está sendo tratada e as características do paciente (cor da pele, peso, idade e gênero).

Sousa pondera que é um tratamento complementar ao analgésico, mas os especialistas estão otimistas. Eles têm motivos para isso: os estudos iniciais da Brigth Photomedicine apresentaram uma resposta positiva com 80% dos pacientes que sofriam com diversos tipos de dores crônicas.

crédito da foto: Brigth Photomedicine

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,261,441SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mulher que passou 43 anos internada em hospital ganha vaquinha para ter uma casa própria

Durante 43 anos, Eliana Zagui, 47 anos, morou na UTI do Hospital das Clínicas de São Paulo. Seu sonho sempre foi ter uma casa...

Jovem está prevenindo suicídio na Inglaterra com mensagens de esperança

“Mesmo que as coisas estejam difíceis, sua vida importa; você é uma luz brilhante em mundo escuro, então, aguente firme”, diz um dos bilhetes.

3 Santuários de animais selvagens na África do Sul que poderiam existir no Brasil

Conheça três Santuários de animais na África do Sul que poderiam existir no Brasil.

Eles são gays, pastores, pais e consideram a Bíblia como modelo de comportamento

"Se Jesus estivesse aqui, em terra, ele estaria no meio da minha família"

Canudinho comestível é alternativa sustentável ao plástico

O Sorbos é comestível, biodegradável, reciclável e feito com açúcar, gelatina bovina e amido de milho

Instagram