Repórter descobre irmã durante tratamento do câncer e fará transplante de medula óssea

0
551
Repórter descobre irmã durante tratamento do câncer e fará transplante de medula óssea

“No momento mais difícil da minha vida, enquanto procurava respostas para tudo que acontecia, Deus me presenteou da forma mais surpreendente possível”. Assim começa o relato da repórter Marina Alves, que foi diagnosticada com um câncer em agosto do ano passado e aguardava o transplante de medula óssea.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dentre milhares de pessoas cadastradas para doação de medula, a única compatível para Marina era justamente sua irmã. Detalhe: elas nem faziam ideia da existência uma da outra! 😱

“Descobri aos 32 anos, durante a luta contra o câncer, que não sou filha única”, contou a repórter em um post emocionante compartilhado no Instagram na última segunda-feira (28).

Repórter descobre irmã durante tratamento do câncer e fará transplante de medula óssea

De repente, uma irmã

Segundo Marina, a história por trás de sua descoberta é cheia de detalhes e envolve muitas pessoas, que ela preferiu não expor na internet.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“O que importa nesse momento é o laço forte que já estamos construindo e o propósito de Deus para nossas vidas”, disse a jornalista.

A irmã dela, Lumara Sousa, também não tinha contato com a irmã até então, e foi descoberta em meio à uma árdua busca por um doador compatível para o procedimento.

“Lumara, você trouxe luz para um momento sombrio e ajudou a resgatar a minha fé. Às vezes fecho os olhos e imagino o momento em que vamos, juntas, abraçar o nosso pai (que não vê a hora de te conhecer) e celebrar a sua chegada com toda a família”, finalizou Marina.

Ela deve passar até 40 dias em uma ala hospitalar destinada a transplantes, que deverá ser realizado em breve. Força, Marina! ❤️

Fotos: Reprodução / Instagram: @marina.alvestv

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.