Palmeiras contrata talentoso jogador paraguaio com deficiência auditiva


Atacante paraguaio deficiência auditiva contratado Palmeiras
PUBLICIDADE ANUNCIE

O atacante paraguaio Gustavo Peralta é o novo reforço da equipe do Palmeiras. O jogador de 1,80 m já atuou na base da Seleção do Paraguai e chega para reforçar o sub-20 do Verdão após passagem pela equipe do Nacional.

Peralta perdeu boa parte da audição desde o seu nascimento, tendo cerca de 30% restantes nos dois ouvidos. Claro que isso não o impede de fazer o que mais gosta: jogar futebol.

De acordo com Hilario Peralta, pai do rapaz, o atacante “respira futebol” e gasta boa parte do tempo livre buscando aprimorar seu estilo de jogo, cuja dedicação é comprovada no campo, onde o jogador tem raciocínio ligeiro e é capaz de ler os lábios dos seus companheiros. Gustavo é visto como um líder nato por seus colegas paraguaios.

Atacante paraguaio deficiência auditiva contratado Palmeiras

“Agradeço a Deus por essa oportunidade e principalmente ao Palmeiras por me permitir entrar nesta grande família de excelentes profissionais”, escreveu o pai de Gustavo em uma rede social.

Leia também: Crianças de comunidade carente de Curitiba são surpreendidas com lanche e agasalho na volta às aulas

Jogando ao seu lado, Peralta terá dois conterrâneos no Palmeiras. Gustavo Gómez, zagueiro titular do time profissional, e o atacante Aníbal, do sub-20, que tem cidadania brasileira e paraguaia.

Atacante paraguaio deficiência auditiva contratado Palmeiras

PUBLICIDADE ANUNCIE

Ao saber da notícia de convocação do filho, a mãe do atacante, Raquel de Peralta, disse orgulhosa: “O Gustavo é muito disciplinado e aplicado quando vai treinar. Ele demonstra para todos que não há impossível. Com trabalho e esforço, os sonhos se realizam.”

Atacante paraguaio deficiência auditiva contratado Palmeiras

A convocação do jovem paraguaio mostra que o Palmeiras está de olhos abertos para as promessas sul-americanas, e que tem sido sensível aos talentos desses jogadores, priorizando suas qualidades, em detrimento de suas deficiências.

Um outro exemplo recente é o atacante colombiano Iván Angulo, contratado para o time sub-20 no início deste ano, e que já foi integrado à equipe profissional, à disposição de Felipão.

Leia também: Ferramenta criada por brasileiros para deficientes auditivos transforma voz em texto

Durante seu processo de integração, o coordenador da base do Palmeiras, João Paulo Sampaio, exaltou o processo de transição e integração entre os atletas da base com o elenco profissional: “Hoje é um clube só, um futebol só. Não é base e profissional. A gente fica tranquilo na gestão porque é uma gestão só do futebol do Palmeiras. Não de base e do profissional”.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: Nosso Palestra/Fotos: Divulgação/CEE Cup

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar