Igreja Católica de Curitiba batiza os três filhos de casal gay

Após a solicitação do batismo ter sido negada quatro vezes.


Igreja católica batiza
PUBLICIDADE ANUNCIE

O batismo de três filhos adotivos de um casal gay em uma Igreja Católica de Curitiba representa uma grande conquista para a comunidade LGBT.

A cerimônia foi realizada no último domingo, 23, pelo padre Elio Dall’Agnol, na Catedral Basílica de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais. Toni Reis e David Harrad são pais adotivos de Alyson, de 16 anos, Felipe, de 12 anos, e Jéssica, de 14. O casal vive junto desde 1990.

Em entrevista ao Estadão, Toni, uma das principais lideranças da causa LGBT no Brasil, disse que “foi uma cerimônia muito emocionante”. Antes de conseguir batizar os filhos, Reis ouviu quatro “nãos” de outras igrejas por questões burocráticas.

Reis só conseguiu autorização depois que escreveu um ofício para o Arcebispo Metropolitano de Curitiba, Dom José Antonio Peruzzo, solicitando uma audiência, na qual a cerimônia de batismo foi autorizada.

“Como nossos filhos já são adolescentes, o padre caprichou e explicou o porque do batismo. Ele fez muito esforço para que o significado do sacramento fosse entendível para os três”, lembra Harrad.

PUBLICIDADE ANUNCIE

Igreja Católica

O batismo faz a gente lembrar de uma provocação que o Papa Francisco fez quando visitou o Rio de Janeiro, em 2013, durante a “Jornada Mundial da Juventude”. Talvez, ela ajude a entender esse movimento de abertura da igreja católica para famílias homossexuais. “Quem sou eu para julgar os gays”, perguntou Francisco na ocasião.

Igreja Católica

Fotos: David Harrad / Arquivo Pessoal

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar