fbpx

Mulheres e negros ganham número recorde de estatuetas no Oscar 2019

Foram 7 estatuetas para profissionais negros e 15 para mulheres: um marco na história do prêmio!


mulheres negros recorde estatuetas oscar 2019
PUBLICIDADE ANUNCIE

O Oscar 2019 teve o maior número de estatuetas para profissionais negros e para mulheres na história do prêmio.

Os protestos nos anos anteriores, que apontaram a falta de representatividade na cerimônia mais importante do cinema deram resultado! Foram 7 estatuetas para profissionais negros, uma a mais que em 2016, e 15 para mulheres, 3 a mais que em 2007 e 2015.

Destaque especial: Pantera Negra

Ganhador em três categorias (Design de Produção, Figurino e Trilha Sonora), Pantera Negra, que também concorreu na categoria de Melhor Filme (vencida por Green Book),  se tornou o longa de super-heróis com mais estatuetas na história do Oscar. Aliás, Pantera Negra é o primeiro filme de super-heróis a concorrer na categoria!

Dos três prêmios, dois foram para duas mulheres: Hannah Beachler é a primeira mulher negra indicada e vencedora na categoria Design de Produção e Ruth E. Carter é a primeira mulher a ganhar o Oscar de Figurino.

“Se você tem um sonho, acredite nele” 

A cantora Lady Gaga ganhou a estatueta de Canção Original por ‘Shallow’ de Nasce uma estrela e disse em seu discurso: “Se você estiver em casa, no sofá, vendo a cerimônia, quero que saiba que isso não é sobre ganhar, é sobre não desistir. Se você tem um sonho, acredite nele.

Veja os nomes dos ganhadores abaixo.

Profissionais negros:

PUBLICIDADE ANUNCIE

Regina King (Atriz Coadjuvante, Se a rua Beale falasse)

Mahershala Ali (Ator Coadjuvante, Green Book: O Guia)

Spike Lee (Roteiro adaptado, Infiltrado na Klan)

Kevin Willmott (Roteiro adaptado, Infiltrado na Klan)

Hannah Beachler (Design de Produção, Pantera Negra)

Ruth Carter (Figurino, Pantera Negra)

Peter Ramsey (Animação, Homem-Aranha no Aranhaverso)

As mulheres:

Ruth Carter (Figurino por Pantera Negra)

Elizabeth Chai Vasarhelyi e Shannon Dill (Documentário por Free Solo)

Rayka Zehtabchi e Melissa Berton (Documentário curta-metragem por Absorvendo Tabu)

Kate Biscoe e Patricia DeHaney (Maquiagem por Vice)

Hannah Beachler (Design de Produção por Pantera Negra)

Domee Shi e Becky Neiman-Cobb (Curta de animação por Bao)

Jaime Ray Newman (Curta por Skin)

Nina Hartstone (Edição de som por Bohemian Rhapsody)

Lady Gaga (Canção original por Shallow de Nasce uma estrela)

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

fotos de capa via Twitter @Variety e Instagram @papelpop

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar