Veja como a Alemanha explica a homossexualidade para as crianças


alemanha homossexualidade
PUBLICIDADE ANUNCIE

Existem diversas formas de falar para as crianças sobre a diversidade de gênero e orientação sexual das pessoas, o importante é educá-las para serem tolerantes com a diferença.

Em um livro chamado “Daddy’s Roommate” (Algo como “Colega de quarto do papai”), a Alemanha usa como cartilha de aprendizagem para crianças. O objetivo é abordar com frases curtas e ilustrações simples a questão da homossexualidade, o livro ensina valores de compreensão e aceitação de um garoto em que o pai divorciado vive com um parceiro homossexual.

Educação sexual é lei no país

Pra quem não sabe, na Alemanha, a responsabilidade de ensinar as crianças sobre a vida sexual não é um papel exclusivo da família, mas um dever do Estado. A partir do ensino primário, os alunos começam a ter aulas sobre educação sexual.

Por lei, os 16 estados federais alemães são obrigados a promover a educação sexual nas escolas em parceria com instituições de aconselhamento familiar, com base num currículo nacional. A Central Alemã de Esclarecimentos sobre Saúde (BZgA), criada em 2003 como um centro especializado da Organização Mundial da Saúde (OMS), é a principal responsável pela implementação das diretrizes, que são guiadas pelos Padrões para a Educação Sexual na Europa (2010).

Os pais são informados antes de as aulas de educação sexual começarem, mas não têm direito a decidir se os filhos poderão ou não comparecer às aulas. Isso se deve a uma legislação que pune pais que deixam os filhos faltarem à escola. Segundo Karina Gomes, que escreve sobre os hábitos alemães para a DW Brasil.

Voltando ao livro, ele foi lançado ainda na década de 90, o livro foi um dos primeiros a abordar a homossexualidade de maneira ampla e positiva na Europa. Veja um trecho do livro legendado:

PUBLICIDADE ANUNCIE

tira5

tira4Leia também: Igreja usa o dízimo para construir casas para quem não tem onde morar

tira2 tira11

Simples né?

Leia também: Cristãos vão à Parada LGBT de São Paulo espalhar o amor

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar