Homem salva família presa em prédio sob chamas: ‘Agradeço por estar lá’

Clique e ouça:

Justin Greer, 31 anos, vem vendo ovacionado pela imprensa norte-americana após ter salvo seus vizinhos de um prédio em chamas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em entrevista, ele disse que havia entre 7 e 8 pessoas, incluindo crianças, no edifício quando o incêndio começou. Elas estavam presas no terceiro andar, escondidas na varanda.

“Minha mãe correu e me disse: ‘Tem gente lá, a casa deles está pegando fogo, precisam de ajuda'”, disse Justin. “Não dava para se aproximar da porta da frente. Até a entrada estava em chamas.”

Homem salva família presa em prédio sob chamas

Prédio em chamas

“A única coisa que me passou pela cabeça foi ‘Deus apenas ajude essas pessoas’. [Entrei no prédio] e não vi mais nada. Não vi o fogo, apenas corri através dele”, relatou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Justin subiu rapidamente até a varanda e retirou os vizinhos presos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Memphis, o incêndio começou às duas horas da manhã, quando labaredas foram vistas do alto do prédio de três andares. Os bombeiros levaram dez minutos para chegar após serem acionados.

O fogo destruiu os apartamentos e duas pessoas ficaram feridas.

Greer diz que valoriza sua vida mais do que nunca e que se tornou ‘outra pessoa’ após o incidente.

Leia tambémAdolescente salva criança que caiu do 2º andar de prédio na Turquia

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“É por isso que não tenho conseguido dormir. E se eu não estivesse lá naquele momento? Agradeço por estar”, disse. “Foi muito difícil ouvir aquelas crianças gritarem daquele jeito.”

“Eu fiz apenas o que Deus me disse para fazer. Eu não senti que era um dever. Eu apenas senti que era a coisa certa a fazer. Se você não pode ajudar [uma pessoa em uma situação de emergência] encontre alguém que possa. Porque foi isso que minha mãe fez, ela voltou correndo e me disse: ‘Ei, é com você’. Ela sabia que eu ia agir de alguma maneira”, concluiu.

A causa do incêndio ainda está sob investigação.

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Educação, esporte e arte são fundamentais para a inclusão social de grupos vulneráveis, concorda? Conheça então três projetos que defendem essas causas, escolha a sua favorita, apoie e concorra a um super prêmio de R$ 1 milhão da promoção “Ganhou, Causou”, da Nestlé. Clique aqui e saiba como participar!

Fonte: Tanks Good News/Fotos: Reprodução/WREG

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,076,276FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,572SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Confeiteira é humilhada por cobrar taxa de entrega de R$2 e recebe apoio de internautas

A confeiteira Ângela Oliveira foi humilhada por uma cliente que se recusou a pagar a taxa de entrega do seu bolo de pote. Na troca...

Sogro anda de mãos dadas com genro para ajudá-lo a superar medo de sair na rua com o namorado

Fran guarda algumas memórias ruins de um passado recente, quando ele sofreu preconceito por ser homossexual. O jovem foi agredido fisicamente, além de ter passado...

Policial compra bolo de aniversário para jovem que chorava por terem esquecido a data

O que você faria se todo mundo que você conhecesse esquecesse de seu aniversário? Esta situação, hipotética para muitos, aconteceu com um garoto tailandês....

Após 8 anos presos em gaiolas, leões de circo são resgatados e pisam na grama pela primeira vez

Não é de hoje que percebemos uma mudança radical nos cuidados aos animais de circo. O público tem cobrado mais responsabilidade com espaço, alimentação...

Depois da formatura, ela foi até o trabalho de seu pai, que é pedreiro, para agradecê-lo

Se tem uma coisa que a paraguaia Yudit Romero reconhece é o sacrifício que o pai fez para lhe dar a melhor educação possível. Don...

Instagram

Homem salva família presa em prédio sob chamas: 'Agradeço por estar lá' 13