Restaurante emprega só pessoas com demência e Alzheimer por uma causa nobre

0
3325

Quando você vai a um restaurante, a última coisa que espera é que o garçom confunda seu pedido, não é mesmo? Mas, se o esquecimento do pedido é por uma boa causa, nem esquentamos a cabeça. Pois é esse o objetivo do “Restaurante dos Pedidos Perdidos”, inaugurado em formato pop-up na semana passada em Tóquio, no Japão.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Como o nome sugere, o restaurante quis chamar atenção para a demência, um tipo de deficiência cognitiva que prova a perda gradual e progressiva da memória, além de afetar a capacidade de resolver problemas de fácil solução. O quadro de funcionários do local era formado apenas por garçons que possuem a síndrome.

Restaurante emprega só pessoas com demência e Alzheimer por uma causa nobre 3

Os garçons trouxeram pratos que os clientes não haviam pedido. Mas, você se engana se acha que essa é uma experiência necessariamente ruim. É possível tirar a sorte grande e receber um prato ainda mais saboroso. Foi o que aconteceu com a cliente Mizhuo Kudo, que pediu um hambúrguer, mas recebeu deliciosas guiozas no lugar – e, claro, ela adorou!

Restaurante emprega só pessoas com demência e Alzheimer por uma causa nobre 4

Restaurante emprega só pessoas com demência e Alzheimer por uma causa nobre 5

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Restaurante emprega só pessoas com demência e Alzheimer por uma causa nobre 6

Restaurante emprega só pessoas com demência e Alzheimer por uma causa nobre 7

A próxima causa que o restaurante pretende chamar atenção, quando reabrir novamente, será o Mal de Alzheimer, doença que tem entre alguns dos seus sintomas a perda da memória e a desorientação. Achamos a ideia genial, e vocês?!

Fotos: Mizuho Kudo/Yahoo Japão/Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.