Revista sem fins lucrativos lança campanha de assinaturas para se sustentar pela rede de leitores

PISEAGRAMA é uma revista sobre espaços públicos: existentes, urgentes e imaginários. Desde a sua fundação em 2010, foram publicadas dez edições da revista, dedicadas aos temas Acesso, Progresso, Recreio, Vizinhança, Descarte, Cultivo, Passeio, Extinção, Autogestão e Recursos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

PISEAGRAMA é uma publicação independente e sem fins lucrativos

A equipe editorial trabalha com poucos recursos e investe tempo e trabalho voluntário no projeto, optando por não ter publicidade.


Ouça e entenda mais sobre esse projeto! Clique no play acima!

Cada revista é um dossiê temático que converge as artes, fotografia, arquitetura, cidades, antropologia e várias outras áreas do conhecimento para se debruçar sobre uma questão. São duas edições anuais com 128 páginas.

A lógica é simples: a revista precisa de assinantes, mas também de uma rede de leitores, para continuar existindo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

revista piseagrama
Pintura de Shuichi Nakano e texto de Manuel Bivar na Piseagrama 08

É por isso que a revista acaba de lançar uma campanha de assinaturas, com descontos que valem até o dia 30 de setembro. “Nossa pequena utopia”, afirmam os editores, “é que a revista constitua uma comunidade ativa na esfera pública no Brasil e se sustente pela sua rede de leitores e assinantes.”

Para receber a revista duas vezes ao ano em casa, com frete grátis, há três planos possíveis:

QUATRO edições da revista por R$ 96,00 [20% de desconto – economia de R$24]

OITO edições da revista por R$ 180,00 [25% de desconto – economia de R$60]

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

DOZE edições da revista por R$ 252,00 [30% de desconto – economia  de R$108]

Os leitores também podem comprar um pacote promocional com os números anteriores.

O link para assinar é este aqui.

MAIS SOBRE A PISEAGRAMA

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A PISEAGRAMA, mais do que uma revista, é uma plataforma editorial sediada em Belo Horizonte, e já editou um conjunto de cartilhas de interesse público, cinco livros: Domesticidades: Guia de Bolso (2010); A Natureza mora ao lado (2011); Atlas Ambulante (2012); Guia Morador (2013) e Escavar o Futuro (2014).

Além das publicações, PISEAGRAMA vem realizando pesquisas, ações, intervenções urbanas, projetos, seminários e encontros de interesse público, que têm obtido reconhecimento em eventos e instituições nacionais e internacionais, como as exposições Como se pronuncia design em português: Brasil hoje, em Lisboa (2017), Publishing Against the Grain, em Nova Iorque (2017), a Bienal de Arquitetura de Veneza (2015) e a Exposição Cidade Gráfica no Itaú Cultural (2014).

Entre as ações do coletivo, destaca-se a Campanha Não-Eleitoral, lançada em Belo Horizonte em 2012 e ainda em plena circulação. A Campanha serviu-se da coincidência com o período eleitoral para ativar uma campanha permanente com dezenas de milhares de cartazes e bolsas coloridos com hashtags: #ÔNIBUSSEMCATRACA, #CARROSFORADOCENTRO, #PARQUESABERTOS24H, #UMAPRAÇAPORBAIRRO, #NADAREPESCARNOARRUDAS (ou no Tietê ou no Capibaribe ou no Guaíba ou no Onça e, mais recentemente, no Tejo).

O coletivo tem como membros Fernanda Regaldo, Renata Marquez, Roberto Andrés, Wellington Cançado, Felipe Carnevalli, Vítor Lagoeiro e Paula Lobato.

Crédito de capa: Pintura de Jessica Findley e artigo de Marc Augé na Piseagrama 07

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,829,971SeguidoresSeguir
24,609SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Desconhecido dá carona pra advogado não perder viagem com a família e recusa pagamento de R$ 2 mil

”O Hallan é um cara simples. Ele reforça a crença de que estamos nessa vida para amar e ajudar os outros”, afirma o advogado.

A guerreira que luta por direitos e contra a violência em bairro carente de Campinas (SP)

Carmen teve que superar a violência em sua vida para fazer o mesmo na comunidade fundada por ela

Ele escapou da morte só com as duas patas dianteiras, sobreviveu e ganhou três cadeiras de rodas

Abandonado e com poucas chances de sobreviver, o gatinho Cassady lutou bravamente pela vida durante as nove semanas que passou na floresta de British,...

76 anos depois de terem sido separados pelo Holocausto eles se reencontraram

"Mas ele está aqui. O pequeno Simon está aqui”

Após incitar preconceito, Rede Record terá de produzir programas sobre religiões afro

Uma decisão inédita da justiça aconteceu depois de mais de 10 anos de ação judicial. Em 2004, no programa televisivo Sessão do Descarrego, exibido...

Instagram

Revista sem fins lucrativos lança campanha de assinaturas para se sustentar pela rede de leitores 2