Para ajudar divulgar restaurante, Rita Cadillac se oferece para entregar pedidos de graça e vendas disparam

Já imaginou pedir um almoço e chegar a musa Rita Cadillac para entregar o seu pedido? Foi isso o que aconteceu durante vários dias em São Paulo com os clientes do restaurante português “O Mirandês”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E o melhor é que essa iniciativa gratuita partiu da própria Rita, que mora ao lado do restaurante e queria ajudar os amigos e donos na crise. “Ela que deu a ideia, fez isso de graça, chamou um amigo para fazer a entrega e foi um baita sucesso”, disse o empresário Vitinho.

O restaurante Mirandês nasceu há pouco mais de um ano e, mesmo antes da pandemia, a musa Rita Cadillac já frequentava o local e até ajudava quando o espaço estava muito cheio, fosse atendendo os clientes, ajudando como garçonete ou montando mesas, tudo para colaborar com o negócio.

Rita Cadillac com quadro à sua frente
Foto: Arquivo pessoal

Quando a pandemia chegou, o restaurante fechou as portas, depois reabriu com delivery, mas faturava R$ 100,00 por dia, o que era muito pouco para um estabelecimento com cinco funcionários e uma grande estrutura. Foi aí que Rita se ofereceu para virar o jogo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Ela vinha almoçar todos os dias aqui com a gente,  e via nosso desespero, nossa aflição, mas sempre dizia: ‘esfria a cabeça, vai dar tudo certo’. E quando ela sugeriu fazer as entregas tudo mudou, melhorou”, disse Vitinho.

A dançarina e atriz fez a propaganda nas suas redes sociais e saiu de casa em casa fazendo as entregas das encomendas. As vendas do restaurante dispararam depois disso. “Muita gente começou a ligar perguntando se era ela que ia entregar, amigas dela, amigos de amigos“, contou o empresário.

View this post on Instagram

E vai começar as entregas da paella do @omirandes

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by Rita Cadillac (@ritacadillac) on

“O que eu fiz para ajudar, faço por qualquer um. Fiz por amizade, por achar que eles merecem. Nessa pandemia, todo mundo tá passando necessidade, então eu não tenho dinheiro para ajudar, mas podia ajudar colocando meu rosto e acertamos que eu entregaria as encomendas do restaurante, que eu postaria nas minhas redes e isso eu faço com o maior prazer“, disse Rita.

Além de fazer as entregas com um amigo, de promover o restaurante de graça nas suas redes, ela ainda ficava cobrando dos empresários que enviassem o cardápio do dia, ficava impulsionando o negócio para que as vendas aumentassem. “Isso foi fundamental pra gente continuar erguido“, confessou Vitinho.

Rita Cadillac colabora com diversos estabelecimentos locais

Apesar da beleza do gesto de Rita, surgiram vários boatos que a atriz estaria fazendo entregas para se sustentar. Mas essa gentileza da musa não é exclusividade do restaurante Mirandês não. Ela faz propaganda e ajuda diversos outros estabelecimentos da região.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Rita Cadillac comendo um espeto de carne com cerveja e uma frigideira de petiscos à mesa
Rita também divulga gratuitamente outros restaurantes da região. Foto: Arquivo pessoal

Eu não estava fazendo isso para aparecer e sim para ajudar“, disse ela.

“Ela demonstrou ser grandiosa, leal, amiga, não só a nós como no bairro e ela firmou a condição que ela tem aqui de diva de Santa Cecília”, disse Vitinho.

Família mora em barraco de pallets e pais sonham em dar uma vida melhor para seus filhos pequenos

Relação com restaurante vem desde o início

Rita mora vizinho ao Mirandês. Desde o começo, ela ajuda o lugar da forma como pode. “Ela acompanhou a gente a montar o bar, passava e perguntava o que ia ser, e quando abriu ela veio e fez amizade com a gente”, narrou Vitinho.

“Desde que eles inauguraram que eu frequento, ia lá sempre. Sempre fui amiga, várias vezes eu mesma ia colocar as mesas para ajudar quando via que estava cheio. Se a gente pode ajudar, a gente vai ajudar“, falou Rita.

O Mirandês surgiu de um sonho de pai e filho, o português Vitor Peres, e o filho Vitinho. Eles tinham uma loja de materiais elétricos, mas o desejo do pai era abrir um restaurante, até que um dia o filho sugeriu mudar de ramo, eles venderam a loja e alugaram um espaço para implantar o bistrô português no bairro Santa Cecília, em São Paulo.

Imagem de restaurante com mesas e paredes esculpidas a mão
Empresário Vitor Peres esculpiu paredes do restaurante à mão durante a pandemia e deixou o ambiente super aconchegante. Foto: Arquivo pessoal

O espaço fez sucesso com uma proposta descolada, comida boa e barata e começou a atrair muito público, até que eles tiveram que alugar um espaço ao lado para ampliar a estrutura.

Com a pandemia, o interior do restaurante que antes ficava lotado e as calçadas onde antes ficavam as mesas e as filas de espera ficaram desertos. Mas a atitude de Rita ajudou a mudar a situação e hoje o bistrô voltou a atender presencialmente respeitando aos critérios de segurança sanitária.

“O gesto dela, em épocas de guerra, de crise que você vê quem está do seu lado e ali a gente conseguiu sentir o sopro do amor verdadeiro dos amigos, encher o coração e continuar na luta“, disse Vitor.

“Ainda pedem para eu entregar, eu vou lá e faço isso e isso é legal porque você vê que está ajudando e que é recompensado com um sorriso. Um sorriso deles para mim é o pagamento que eu recebi por ser amiga e por ajudar. Fazer o bem sem remuneração é muito bom, faz bem pra gente, faz bem para a alma”, finalizou Rita.

Rita Cadillac é musa mesmo, né não?!

selo conteúdo original

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,829,971SeguidoresSeguir
24,599SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Marido veste roupa de bailarina para arrecadar fundos para pesquisa do câncer

Quando a esposa de Bob Carey foi diagnosticada com câncer de mama, ele teve uma ideia maluca. Para muitas famílias, um diagnóstico de câncer...

Projeto oferece hospedagem a preços baixos para profissionais de saúde em várias cidades

A maior angústia de um profissional de saúde que está na linha de frente do combate à Covid-19 é o medo de levar o...

Pedreiro fica desolado com falso anúncio de emprego e internautas criam vaquinha (RJ)

Com dinheiro emprestado, José Romildo pegou o metrô para ir até a suposta seleção de emprego. Ele foi uma entre as dezenas vítimas de uma fake news de emprego em Niterói (RJ).

Publicitária larga emprego fixo para virar “Neta de Aluguel” em Uberlândia

Há pouco mais de um mês, Bruna dedica seu tempo a uma iniciativa batizada de “Neta de Aluguel”.

Menina com autismo não verbal fala “Mamãe” pela 1ª vez

Os médicos disseram que havia a possibilidade de Taylor nunca falar.

Instagram

Para ajudar divulgar restaurante, Rita Cadillac se oferece para entregar pedidos de graça e vendas disparam 2