Homem de Ferro da vida real: Robert Downey Jr. anuncia projeto de despoluição do planeta

Se você é fã da Marvel e do Homem de Ferro, sabe que o personagem de Robert Downey Jr., Tony Stark, é um gênio que está decidido a usar a tecnologia para salvar o mundo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Bem, Downey subiu ao palco na última terça-feira (4) para a conferência de inteligência artificial Re: MARS, promovido pela Amazon, para anunciar seu plano da vida real para fazer exatamente isso! A vida imitando a arte?

O ator postou alguns clipes e fotos da conferência de Las Vegas em seu perfil no Instagram, escrevendo: “Que noite!”.

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Robert Downey Jr. (@robertdowneyjr) em

Leia também: Robert Downey Jr. leva prótese da armadura do Homem de Ferro a garoto de 7 anos

Batizada de “Footprint Coalition”, com previsão de lançamento para abril de 2020, o projeto é audacioso: visa despoluir uma área considerável da Terra até 2030.

“Entre robótica e nanotecnologia nós podemos, provavelmente, limpar o planeta de maneira significativa, se não inteiramente, em uma década”, afirmou. “Vou passar os próximos meses arrumando isso da maneira correta, e colocando pessoas inteligentes ao meu redor.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O grandioso objetivo vem sendo celebrado por fãs do astro, que estão comparando Robert com Tony.

“Robert Downey Jr. é Tony Stark e você não pode mudar minha opinião”, brincou um fã no Twitter.

Durante seu discurso, Downey afirmou que sente uma “silenciosa sensação de crise” em relação à Terra.

O site da Footprint Coalition já está disponível para que interessados e possíveis apoiadores se inscrevam e saibam mais à respeito.

“Obrigado pelo seu interesse na Footprint Coalition (Coalizão da Pegada, em tradução livre) e por se importar com a Mãe Terra. Inscreva-se para receber nossa newsletter e você será o primeiro a saber sobre nossos próximos passos nesta jornada ambiental”, diz o site.

O anúncio de terça-feira vem na esteira de um relatório do Centro Nacional de Descobertas para a Restauração do Clima, órgão ligado ao governo da Austrália, que divulgou um preocupante estudo sobre as mudanças climáticas.

O estudo afirma que se o aumento desenfreado da poluição do ar e das águas não frear até o meio deste século, os anos seguintes à ele resultarão em “graves e irreversíveis consequências, com impacto na população humana e sobretudo, nas espécies animais”. O relatório também aponta para “extinções em massa, ruptura da ordem econômica e caos social”. Preocupante, não?

Leia também: Jovem negra de 15 anos passará a vestir a armadura do Homem de Ferro

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: ABC News/Fotos: Reprodução/Adoro Cinema

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,637,823SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Desconhecido compra meias para sem-teto se proteger do frio e faz questão de calçá-la; assista

Se dentro de casa, a gente já ‘congela’ com as baixas temperaturas nesta época do ano,  imagine quem não tem um teto sobre a...

Horta em área abandonada produz alimentos para 2 mil famílias e é orgulho de comunidade

Com o objetivo de melhorar um bairro abandonado na cidade norte-americana de Detroit, e com a iniciativa da ONG Michigan Urban Farming Initiative (MUFI),...

Mineira se forma em Direito aos 97 anos

Fazer um curso superior sempre foi um sonho de Chames Salles Rolim. Mas ela adiou o sonho durante uma vida inteira, e só decidiu entrar...

Nutricionista vende rifa beneficente para ajudar instituições de São Paulo

É uma rifa beneficente e 100% do valor será revertido para as instituições. Os prêmios vão desde viagens a tratamento odontológico.

Morador de rua divide comida com um desconhecido e prova que quem menos tem é quem mais compartilha

Por algumas vezes em nossas vidas ouvimos aquele verbete popular: “Quem menos tem é quem mais compartilha”. O vídeo a seguir mostra a história...

Instagram