Salva-vidas carrega idosa de 95 anos para a praia todos os dias para que ela aproveite suas férias

No final do mês passado, um grupo de salva-vidas foram fotografados carregando uma idosa de 95 anos em uma praia do Alabama, nos EUA, para que ela pudesse aproveitar suas férias de 7 dias no estado litorâneo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Kimberly Waterbury e sua mãe de 95 anos, Dottie Schneider, de Chandler, em Indiana, foram para Orange Beach em outubro para descansar na Costa do Golfo.

Com saúde frágil e idade avançada, Dottie precisa de uma cadeira de rodas para sair de casa, logo não conseguiria andar na areia sozinha. Assim, a Divisão de Segurança de Praia na cidade de Orange Beach resolveu se oferecer para ajudar a senhorinha a tomar seu banho de sol – e de mar.

salva-vidas carrega idosa até a praia todos os dias em suas férias

Desde o primeiro dia que Dottie chegou na praia, o salva-vidas se ofereceu para carregá-la, além de fornecer um número de telefone para que a idosa e sua filha pudessem ligar todas as manhãs e avisar que estavam no local.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“No passado, quando ela ia para a praia, não conseguia chegar à beira-mar. Elas tinham que se sentar no deque da piscina (a 100 metros do oceano). Ser capaz de colocar os pés na areia e ver as ondas quebrando na costa, acho que isso fez toda a diferença”, disse Brett Lesinger, chefe da Divisão de Segurança de Praia na cidade de Orange Beach, à Fox News.

salva-vidas carrega idosa até a praia todos os dias em suas férias

Para ajudar a nonagenária e sua filha, os salva-vidas que estavam na área combinavam de buscá-la no hotel e levá-la ao conjunto de cadeiras que haviam alugado na praia.

Por quatro dias seguidos, o resgatador Shane Martin chegava com um sorriso no rosto para ajudar a idosa. Quando a família de Dottie foi embora, na última sexta-feira (29), os salva-vidas se reuniram para se despedir e desejar boa sorte.

“Somos eternamente gratos aos rapazes do Orange Beach Surf Rescue”, disse Kimberly, visivelmente emocionada. “Eles fizeram minha mãe se sentir especial. Ela não foi feita para se sentir um fardo para ninguém.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A equipe de salva-vidas disse que vê o serviço que prestou a Dottie como apenas mais um dia na praia. “[Muitos de nós] temos avós, e acho que foi uma daquelas coisas em que [Martin] se sentiu especial porque o fez lembrar de seu avô”, acrescentou Lesinger.

Junto à Stone, viajamos o Brasil para mostrar negócios que muita gente acha que não daria certo na nossa terrinha – e dão! Veja o 8º EP da websérie E se fosse no Brasil?

Fonte: Tanks Good News
Fotos: Reprodução / Instagram: @orangebeachsurfrescue

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM







Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,956,757SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Artista transforma sucata em esculturas animais perfeitas

Especializado em metal e inspirado na natureza, o artista John Brown transforma pedaços de peças de sucata em esculturas de animais. O artista talentoso consegue...

Emma Watson usa vestido feito de PET em evento e mostra que chique é ser sustentável

Feminista e também embaixadora da ONU Mulheres, a atriz Emma Watson, de quem já falamos em outros posts (aqui e aqui), mais uma vez,...

Ex-presidiário cria projeto de esportes para crianças da sua comunidade no RJ

"Se o Jefferson do passado tivesse acesso ao Jefferson do presente, a minha história teria sido diferente."

Crianças no Gana geram eletricidade para escola brincando no playground

Grande parte do território de Gana é carente de energia elétrica. Isso faz com que uma generosa fatia da população passe metade da vida...

Instagram