Samsung cria app que ajudará daltônicos a recalibrarem as cores de suas TVs

Apreciar as cores do mundo é um privilégio que pessoas daltônicas não têm. A percepção das cores é alterada por uma condição genética ligada ao cromossomo “X”. Objetos verdes, por exemplo, parecem ser vermelhos aos olhos dos daltônicos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A experiência de ver TV muda bastante de uma pessoa daltônica para uma pessoa sem essa condição genética. Foi pensando nisso que a Samsung criou um aplicativo para daltônicos ajustarem as cores de suas TVs.

Samsung cria app que ajudará daltônicos a recalibrarem as cores de suas TVs 1

Conectado às TVs QLED, o app SeeColors é capaz de identificar o tipo e o nível de daltonismo do usuário e recalibrar as configurações de imagem de acordo com as informações fornecidas.

Parte do crédito do app deve ser dado à professora Klara Wenzel, da Universidade de Tecnologia e Economia de Budapeste. Foi ela quem criou o Teste C, que usa filtros de cores e modelos matemáticos para diagnosticar os níveis de daltonismo, e que foi utilizado para testar o aplicativo SeeColors.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Samsung cria app que ajudará daltônicos a recalibrarem as cores de suas TVs 2

Samsung cria app que ajudará daltônicos a recalibrarem as cores de suas TVs 3

O app já está disponível para download nas lojas Galaxy App Store e Google Play.

Com informações do Hypeness

fotos: reprodução/Samsung

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,827,323SeguidoresSeguir
24,592SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Marca vende chuva para ajudar cidade Colombiana que não tinha água potável

Uma grande ironia acontecia na cidade de Lloró, pequeno município na Colômbia, conhecido como o mais chuvoso do mundo que, ironicamente, não possui água...

Analfabeto sonha construir biblioteca para diminuir analfabetismo no interior da Bahia

Sua proposta é ajudar as crianças e adultos nos estudos, diminuindo o analfabetismo e evasão escolar em comunidade baiana.

Pastora trans adota menino com necessidades especiais e menina trans: “Nasci para ser mãe”

Mãe de um menino com necessidades especiais e de uma menina trans, Alexya Salvador e seu companheiro pretendem adotar outra menina trans.

Moradora de SC costura vestidos para meninas órfãs do Haiti

Márcia Jacob é uma moradora de Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina. Corretora de seguros, ela começa seu dia cedo, entre trabalho, tarefas domésticas e, agora,...

Professor luta capoeira com aluno com deficiência motora

A capoeira é um jogo atlético, com muitas vantagens e ensinamentos por trás de toda a ginga ensinada. E além de tudo, promove a...

Instagram

Samsung cria app que ajudará daltônicos a recalibrarem as cores de suas TVs 5