Santuário de animais abandonados abriga 400 cães e gatos no interior de SP

Localizada em Ibiúna, no interior de São Paulo, a ONG Associação Maxmello de Amparo à Vida animal faz um lindo trabalho em prol dos direitos dos animais há 12 anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A organização abriga 400 cães e gatos que foram abandonados por seus antigos donos: violentados, maltratados e abusados das mais diversas formas.

A ONG fica em um sítio de 1000m² e sobrevive de doações.  Recentemente, eles ganharam um sítio de 30.000m², pois o lugar onde estão não comporta todos os animais.

Como a ONG depende de doações para manter esse trabalho maravilhoso, foi crida uma campanha de financiamento coletivo para arcar as com as despesas da construção do novo sítio.  A ONG precisa construir 50 canis e todo o resto da base de apoio. Toda ajuda é bem-vinda nesse momento!

No vídeo abaixo, você fica mais por dentro do trabalho desses heróis:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

img_9083_0

mix_2

mvi_8867.mov.still004_0

mvi_9008.mov.still001

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

timeline.still001_0

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,263,267SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pit bull resgatado de abrigo não dorme sem o seu tutor

Como dizem por aí, a raça pit bull é perigosa, perigosamente fofa! Prova disso é o Kawi, um pit resgatado que vive em Wisconsin (EUA) e que,...

Voluntário ensina inglês para funcionários de limpeza que achavam que eram “xingados”

A mágica da vida é que as pessoas que querem um mundo com mais oportunidades para todos acabam se encontrando.

Universitários homenageiam cão que “frequentava” aulas junto com eles, em Pelotas

Que o cão é o melhor amigo do homem, nós temos certeza. Mas como demonstrar todo o nosso agradecimento por esses animais tão fiéis...

Em busca de histórias de migrantes, artistas se oferecem para escrever cartas

O coletivo "Estopô Balaio" lançou um convite e 15 pessoas toparam: sessões gratuitas de escrita de cartas. "Sente com a gente, conte uma história, tome um café...

Pedimos para crianças escreverem sobre seu futuro, o resultado foi muito além do que imaginávamos

Já pensou se todas as crianças tivessem a oportunidade de escrever seu próprio futuro?

Instagram

Santuário de animais abandonados abriga 400 cães e gatos no interior de SP 2