Empresa japonesa cria sapato com GPS para localizar idosos perdidos

Já pensou como um sapato poderia tornar mais segura a vida de idosos com determinadas doença? A resposta é um sapato com GPS.

A empresa japonesa Wish Hills desenvolveu um sapato com GPS com intuito de ajudar a localizar idosos com demência, que podem se perder e não conseguir voltar para casa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os “GPS Dokodemo Shoes” mostram a posição do usuário em dispositivos como smartphones e computadores com um número de identificação e senha.

“Temos experiência na busca de doentes com demência perdidos, e sabemos que este perfil de pessoas não utiliza telefones celulares e nem relógios, e sim sapatos. Por isso decidimos criar sapatos com sistema de localização GPS”, explicou um porta-voz da empresa para a Folha.

[Matéria continua depois do vídeo abaixo]

Convidamos cinco mulheres que enfrentaram o câncer de mama para falar sobre suas experiências. Mas elas não sabiam que, durante a gravação do vídeo, seriam surpreendidas. Nesta linda homenagem, as filhas presenteiam suas mães com um sutiã especial (para quem viveu o câncer) acompanhado por uma prótese externa, uma espécie de enchimento que encaixa na lingerie. Assista o vídeo e prepare o lencinho:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quando o idoso se afasta mais de 50, 100 ou 500 metros de casa, dependendo do número programado, uma notificação é enviado ao dispositivo móvel, que mostra a  posição do usuário em um mapa para que seja mais fácil iniciar a procura.

Custando 35 mil ienes (R$ 1.000), estão disponíveis apenas no Japão, país em que praticamente 25% da população supera os 65 anos.

Leia também:

Cientistas criam vacina que corta efeito do crack e cocaína

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Modelo cearense é a primeira transgênero a ilustrar a capa da Vogue Paris

Mãe induz parto para que o marido com câncer terminal conheça a filha antes de morrer

“O mercado doméstico é muito importante para nós, no entanto, no futuro nos interessaria abrir em outros mercados nos quais a população envelhecerá rapidamente nos próximos anos”, disse a companhia.

A demência é uma síndrome que implica a deterioração da memória, do intelecto, do comportamento e da capacidade para realizar atividades da vida cotidiana. Cerca de 47,5 milhões de pessoas sofrem de demência no mundo, e a cada ano são registrados 7,7 milhões de novos casos, segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

zapatos-610x389

f300x0-235609_235627_29

20151120111526_crean-zapatos-con-gps-para-localiza_tn1

14480421891745

15328142

GRA035. TOKIO, 20/11/2015.- Fotografía facilitada por la compañía Wish Hills, que ha creado unos zapatos con GPS especialmente ideados para ayudar a localizar a personas mayores con demencia, quienes son propensas a perderse y acabar deambulando sin saber cómo regresar a sus hogares. Los zapatos "GPS Dokodemo Shoes" llevan un localizador instalado en el interior de la suela del zapato izquierdo y permiten conocer la posición del usuario a través de dispositivos como teléfonos inteligentes y ordenadores tras compartir el número de identificación del terminal y una contraseña. EFE/ ***Sólo uso editorial***

Fonte: Folha de S. Paulo

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,822,141SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

México devolverá dinheiro de impostos para cidadãos que adotarem bicicleta como meio de transporte

País vai devolver dinheiro de impostos para quem comprar uma bicicleta ou motocicleta elétrica.

Quem foi que disse que velhice é doença?

A psicóloga de idosos Raquel Ribeiro (CRP 06/73384), 35 anos, é uma voz ativa no enfrentamento dessa visão negativa da velhice. Ela acredita que os idosos têm totais condições de serem pessoas ativas: a palavra-chave é “adaptação”. O aumento da dependência e dos casos de depressão são alguns dos efeitos mais devastadores quando se associa a velhice à fragilidade.

Não estamos conseguindo lidar com esse cartaz maravilhoso dessa escola

Ok, os nossos posts são feitos baseados em bastante pesquisa e referência de outros sites. Mas esse caso de hoje é uma exceção, eu...

ONG leva ajuda humanitária a famílias que vivem no lixão do Jardim Gramacho (RJ)

A ONG Corrente pelo Bem realiza ações sociais para a comunidade do Jardim Gramacho que vive em cima de lixão desativado pela prefeitura. São mais de 100 famílias que se alimentam dos lixos descartados no aterro.

Judoca Rafaela Silva vence racismo, pobreza e conquista medalha de ouro para o Brasil!

A carioca Rafaela Silva tem 24 anos e foi a primeira brasileira a conquistar o título mundial de judô. Mas o sucesso para Rafaela veio com...

Instagram