Cartilha em Braille sobre câncer de mama orienta mulheres deficientes visuais na Paraíba


cartilha braille câncer mama orienta mulheres cegas
PUBLICIDADE ANUNCIE

Um trabalho desenvolvido em Campina Grande, na Paraíba, tem orientado mulheres deficientes visuais sobre o câncer de mama com uma cartilha em BrailleO projeto foi desenvolvido pela Coordenação Municipal de Saúde da Mulher junto com estudantes de enfermagem.

De acordo com a professora Aleksandra Costa, a ideia surgiu quando ela foi convidada para dar uma palestra no Instituto dos Cegos da cidade com orientações sobre prevenção e cuidados relacionados à doença. “Eu percebi que apenas a explicação por meio da fala não seria suficiente para aquelas mulheres com deficiência visual entenderem tudo o que estávamos querendo passar pra elas”, disse ao Razões.

Leia também: Jovem cria matriz inédita para bordados em Braille

Foi neste momento que ela e estudantes voluntários da Liga Acadêmica de enfermagem materno-infantil de uma faculdade particular decidiram construir a cartilha com formas de prevenção do câncer de mama, exercícios para identificação de sintomas, autoexame e outras orientações.

cartilha braille câncer mama orienta mulheres cegas
Cartilha em Braille leva orientação a mulheres deficientes visuais sobre o câncer de mama. As ‘mini-mamas’ ajudam a identificar sinais da doença

cartilha braille câncer mama orienta mulheres cegas

PUBLICIDADE ANUNCIE

Além da cartilha em Braille, foi construído outro material com fontes grandes para mulheres com baixa visão, um CD com orientações em áudio e as ‘mini-mamas’, que são simulacros de seios para ajudar a identificar por meio do tato quais são os sinais de que existe câncer de mama ou cistos, como nódulos, retrações, secreções nos mamilos.

“A ideia foi de aproveitar a sensibilidade que elas têm no tato para facilitar esse entendimento. Por fim, o objetivo de promover autonomia e autoconfiança nas mulheres, além da acessibilidade à informação, foi alcançado”, disse Aleksandra. “A informação salva vidas e é fundamental quando é de qualidade”, completa John Queiroz, presidente do Instituto dos Cegos de Campina Grande.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

cartilha braille câncer mama orienta mulheres cegas

crédito das fotos: Divulgação

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar