Facebook lança ferramenta de prevenção do suicídio


facebook suicídio
PUBLICIDADE ANUNCIE

Desde Novembro de 2016, os usuários do Facebook no Brasil ganharam acesso a uma nova ferramenta para prevenção de suicídio.

O projeto, em parceria com o Centro de Valorização da Vida (CVV), baseia-se na ideia de que suicidas podem emitir sinais de alerta em suas publicações nas redes sociais.

Diante de casos assim, amigos podem intervir de forma direta também através da ferramenta. Ao perceber algum indício, o usuário pode escolher “denunciar a publicação”, clicando naquela setinha no canto direito superior do post. Então, o Facebook vai questionar o motivo e a resposta a ser clicada deve ser “acredito que não deveria estar no Facebook”. Depois a questão é “o que há de errado”, quando é possível escolher uma opção relacionada ao suicídio.

A pessoa em questão recebe um aviso de que há alguém preocupada com ele e oferece algumas formas de ajuda.

facebook suicídio

A própria pessoa que denunciou a publicação também receberá uma lista do que pode fazer, como oferecer ajuda ao amigo, conversar com outros amigos e ver dicas de como abordar o assunto com a pessoa.

PUBLICIDADE ANUNCIE

“Especialistas dizem que o suicídio pode ser prevenido em 90% das situações”, diz Carlos Correia, voluntário do CVV desde 1992, em entrevista ao G1. “No Facebook, isso pode se manifestar de forma mais sutil, em frases como ‘estou sofrendo’, em poemas de solidão postados de forma repetitiva… São sinais que vão se acumulando. Postar algo como ‘qualquer dia eu sumo’, por exemplo, é um super sinal de alarme.”

 facebook suicídio

A Central de Ajuda do Facebook também tem páginas com dicas para quem está pensando em suicídio ou automutilação e para quem quer encontrar um serviço de combate ao suicídio.

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar