Sem agulha e sem medo: novo dispositivo coleta sangue de forma inovadora

Você tem medo de agulha? Para muitas pessoas uma simples coleta para teste sanguíneo torna-se um pesadelo que envolve medo e dor.

O medo, dor e a inconveniência na hora de fazer exames com agulha podem estar com os dias contados. Isso porque uma startup em Medford, Massachussets, chamada Seventh Sense Biosystems, desenvolveu um dispositivo do tamanho de uma noz que promete acabar com.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O TAP (Touch Activated Phlebotomy, ou Flebotomia Ativada pelo Toque) foi idealizado em 2014, chamou a atenção de investidores milionários e agora vem sendo apresentado em eventos de tecnologia de saúde, podendo chegar ao mercado em 2017.

O dispositivo que dispensa agulha chega ao mercado este ano

A forma e usá-lo também é muito simples, o profissional precisa limpar a área do braço, prender o TAP ao paciente e apartar um botão. E então 30 agulhas muito finas penetram as camadas mais superficiais da pele e iniciam a coleta do sangue, em um procedimento que dura cerca de 2 minutos.

“Eu realmente não sinto nada”, disse Jessica Wakefield, uma funcionária da empresa que recentemente demonstrou como funciona o dispositivo. “Não tem dor”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Segundo o Hypeness, o aparelho foi projetado para coletar 100 microlitros de sangue, a quantidade mais comum para exames feitos pelos americanos. Os desenvolvedores garantem que o procedimento não causa nenhuma dor e ressaltam que milhões de norte-americanos deixam de fazer exames por causa do medo de agulhas, o que seria resolvido pelo TAP.

Segundo o diretor-executivo do Seventh Sense, Howard Weisman, o dispositivo TAP100 é simples o suficiente para usar que os pacientes poderiam coletar suas próprias amostras de sangue em casa, e os flebotomistas (técnicos da área da saúde que se especializam em trabalhos com sangue) em consultórios médicos não teriam que se preocupar em encontrar uma veia proeminente.

Leia também:

Adesivo para tratamento de Alzheimer começa a ser distribuído de graça pelo SUS

Primeira instrutora de Yoga com Síndrome de Down, Jessica Parsons oferece aulas mais inclusivas

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Menina abandonada ao nascer descobre que seu maior ídolo é sua irmã

Além disso, o aparelho é poderia melhorar o atendimento para os estimados 15 milhões de americanos que têm uma fobia de agulhas, que faz com que eles demorem mais a fazer exames ou até mesmo os ignora.

Veja um desenho (em inglês) que explica sobre como o aparelho funciona:

aparelho que dispensa agulha
Gráfico que mostra como funciona o aparelho

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A empresa fez testes junto à US Food and Drug Administration, órgão do governo dos Estados Unidos responsável pelo controle de medicamentos e equipamentos médicos, e preveem que cada unidade vá custar cerca de 30 dólares.

aparelho sem agulha coleta sangue

Com informações do Hypeness e Boston Globe. / Imagens: Cortesia 7sbio.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,505,556SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Deixe pago o café do próximo

Para quem não dispensa um bom cafezinho a simpática ideia do “café pendente” ou “café do próximo” chama a atenção. Existente em um café...

Londres será ‘movida’ a energia renovável a partir de outubro

A cidade de Londres anunciou um plano para suprir 100% de suas necessidades de energia com fontes limpas a partir de outubro deste ano.

Pernambucano superdotado de apenas 12 anos ganha intercâmbio para estudar inglês no Canadá

Popularmente conhecidos como superdotados, estima-se que no Brasil existam 13.308 pessoas com altas habilidades. Uma delas é o garoto Davi Fernandes da Silva, de...

Campanha do Bob’s faz convite para pessoas viverem fora do padrão

Um convite para cada um ser do jeitinho que é.

Ignorado, americano começa live sem ninguém para assisti-lo e termina com R$ 470 mil em doações

Imagine começar a tocar guitarra para um total de zero pessoa e, em poucos minutos, milhares de dólares choverem em sua conta bancária?! Bom,...

Instagram