Sem os braços, jovem de 21 anos está se formando em psicologia e faz palestras motivacionais

Esta é uma história que fala de superação e o objetivo da gente compartilhar é justamente inspirar as pessoas que vivem situações parecidas. Queremos mostrar que, sim, é possível levar uma vida normal mesmo que você seja uma pessoa com deficiência, como é o caso da Solyana Loredo, que vive em Macaé, no Rio de Janeiro e está prestes a se formar em psicologia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Solyana tem 21 anos e nasceu sem os dois braços e com má formação nas pernas, o que não permite que ela ande. Quando a jovem nasceu, os médicos disseram para sua mãe que ela morreria logo após o parto, mas felizmente, não foi isso que aconteceu. Aliás, muito pelo contrário, já que ela leva uma vida normal, está cursando o penúltimo período da Faculdade de Psicologia, fala inglês e espanhol, toca teclado, escreve com o pé e faz natação.

Além de tudo isso, Solyana ainda arruma tempo para dar palestras motivacionais: Dou palestras motivacionais desde 2010, ajudando as pessoas a vencerem seus próprios limites, através da minha história de superação. Sempre tive o sonho de ser Psicóloga e estou a caminho dessa grande realização; cursando o nono período da faculdade de Psicologia, com previsão de formatura para esse ano e com o nota Geral 9,5, sendo considerada uma das maiores da universidade”.

Solyana não se deixa abater pelas dificuldades e nos conta que ama a vida dela, exatamente do jeito que é: Agradeço muito a Deus pela vida que Ele me deu – exatamente como ela é – pela família incrível e pelos amigos maravilhosos que eu tenho, que me apoiam em tudo que faço”.

Se o que a vida espera da gente é coragem, Solyana mostra que é possível ser feliz, realizar nossos sonhos e viver uma vida normal, mesmo precisando de uma cadeira de rodas. O que importa é nossa força de vontade, nossa perseverança, amigos e familiares que nos apoiam e saber enxergar a vida sob uma outra perspectiva: a do otimismo e da aceitação. Você é inspiradora, Solyana!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Sem os braços, jovem de 21 anos está se formando em psicologia e faz palestras motivacionais 2

Sem os braços, jovem de 21 anos está se formando em psicologia e faz palestras motivacionais 3

Sem os braços, jovem de 21 anos está se formando em psicologia e faz palestras motivacionais 4

Sem os braços, jovem de 21 anos está se formando em psicologia e faz palestras motivacionais 5

Sem os braços, jovem de 21 anos está se formando em psicologia e faz palestras motivacionais 6

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Sem os braços, jovem de 21 anos está se formando em psicologia e faz palestras motivacionais 7

Fotos: Solyana Loredo – Reprodução autorizada

Sem os braços, jovem de 21 anos está se formando em psicologia e faz palestras motivacionais 8

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM








Sem os braços, jovem de 21 anos está se formando em psicologia e faz palestras motivacionais 9

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,144,541SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Instituto plano de menina expande atuação na pandemia com capacitação e geração de emprego para garotas de periferia

O primeiro Dia Internacional da Menina foi celebrado em 11 de outubro de 2012. A celebração marca os progressos realizados na promoção dos direitos...

Ensaio fotográfico registra o envelhecimento de cães de diversas raças

A fotógrafa Amanda Jones registrou o envelhecimento de diversos cães em uma série intitulada “Anos Caninos”. De acordo com o Daily Mail, a artista que vive...

Inscrições abertas para o Melhor Projeto Social Geek no Prêmio Cubo de Ouro 2019

O Prêmio Cubo de Ouro 2019 abriu as inscrições para a categoria “Melhor Projeto Social Geek”. A premiação reconhece os principais nomes e projetos...

Mãe “supera” morte de filho doando seu leite materno

Nas redes sociais, ela encontrou seis mães que precisavam de leite para dar de alimento aos seus bebês.

Instagram

Sem os braços, jovem de 21 anos está se formando em psicologia e faz palestras motivacionais 10