Sem-teto devolve bolsa e 300 dólares para jovem, que transforma sua vida como agradecimento

Com tanta notícia negativa circulando por aí, temos uma tendência de enxergar só o lado negativo das pessoas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Talvez por isso, Daisy Owen perdeu qualquer esperança de recuperar a bolsa que ela perdeu enquanto se divertia com os amigos num passeio à noite. Ela deve ter pensado: ou alguém encontrou a bolsa e levou todos os seus pertences (300 dólares, chaves, carteira de motorista e um iPhone) ou alguém viu a bolsa jogada no chão e disse “isso não é problema meu”.

O morador em situação de rua Paul Calderbank não fez uma coisa nem outra. Ele fez o que a maioria das pessoas não imaginava. Ao invés de ficar com os pertences da jovem, Paul foi atrás de pistas que o levassem até a dona da bolsa.

Reprodução/Facebook

Ele caminhou pelas ruas perguntando se alguém havia perdido a bolsa. Mas, apesar de estar praticando um gesto de extrema honestidade, ele teve que tomar cuidado com a polícia: por causa de sua aparência, os policiais poderiam achar que ele havia roubado a bolsa. Fora o medo de dar a bolsa para quem dizia ser o dono, mas estava mentindo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Paul escreveu uma nota de próprio dizendo quais eram suas intenções:

Reprodução/Facebook

Reprodução/Facebook

Reprodução/Facebook

“Eu quero localizar a verdadeiro dona e pessoalmente entregar todos os seus pertences de volta para ela, porque eu sou uma pessoa honesta agora. Porque para mim é tão bom fazer o que é certo, e há dinheiro na bolsa e eu não peguei um centavo.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Paul descobriu o endereço da casa de Daisy e decidiu ir até lá. No caminho, ele encontrou uma das amigas da jovem, que, prontamente, entrou com contato com Daisy pelo Facebook informando que a bolsa dela tinha sido encontrada – com todos os seus pertences.

Reprodução/Facebook

“Este homem está acima e além e encontrou minha bolsa na manhã de sábado e passou dois dias caminhando perguntando e tentando me encontrar, e estava a caminho do meu endereço residencial para tentar devolver minha bolsa pessoalmente”, escreveu Daisy no Facebook.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Seguindo a velha máxima de que “uma mão lava a outra”, Daisy criou uma página na plataforma DoFundMe com a esperança de obter dinheiro suficiente para tirar Paul das ruas. Até agora, ela arrecadou 3.600 dólares!

Via

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM










Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,145,419SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Projeto facilita você a doar comida que sobrou em sua casa e que iria para o lixo

O mais legal é que a ideia pode ser levada para o lugar onde você mora!

Compilação de atos de gentileza feito a desconhecidos, na Rússia

Na Rússia, é extremamente comum os carros terem câmera de segurança acoplada no carro, para no caso de um eventual acidente ou furto, terem...

Policial negro ajuda homem racista que passa mal no calor nos EUA

Sem contexto, a foto parece cotidiana: um policial ajudando um homem que passou mal sob o sol, ou seja, cumprindo seu dever. Os detalhes...

Fazenda que só produz orgânicos contrata apenas moradores de rua

Tem coisa melhor do que comer alimentos orgânicos produzidos por pessoas que só precisavam de um empurrãozinho para melhorar de vida? Pois é isso...

Estudantes de PE criam repelente de canela e hortelã que combate o mosquito da dengue

Um grupo de cinco estudantes do 1º ano do Ensino Médio de Ipojuca, em Pernambuco, criaram um repelente que além de ser muito sustentável, combate...

Instagram