Senegalês corrige valor de venda de óculos para cliente e atitude dá um tapa de luva no preconceito

Sobra honestidade do lado de quem busca uma vida melhor no Brasil. É o que mostra um imigrante senegalês que vende óculos na orla das praias cariocas. (Ajudar uma causa social pode ser mais fácil do que você imagina. Cadastre o seu Visa e escolha uma causa. Cada vez que você usar seu cartão, a Visa fará uma doação.)

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quem conta a história é a Juliana Figueiredo. “Ontem eu fui à praia e esse rapaz de Senegal, passou vendendo óculos, o meu tinha quebrado aí comprei um… R$35,00 era o preço (ta ne, praia.. Barra, peguei!) Aí usei o cartão e na claridade, nem vi valor…”, escreveu Juliana no Facebook.

Por engano, o rapaz cobrou 350 reais pelos óculos, mas o valor passou batido para Juliana. Quando percebeu a confusão, minutos depois, ele correu até Juliana desesperado, dizendo que tinha passado o valor errado. Ela entrou no aplicativo do banco e viu o débito na conta de 350 reais.

senegalês corrige valor venda óculo clientes

Obviamente, Juliana caiu em desespero. A sorte é que o rapaz usa uma maquininha de cartão que cobra o valor da compra um dia depois. O senegalês pediu ajuda para um colega que fala português para dizer à Juliana que não tinha feito aquilo por maldade. Ajudar uma causa social pode ser mais fácil do que você imagina. Cadastre o seu Visa e escolha uma causa. Cada vez que você usar seu cartão, a Visa fará uma doação. Cadastre-se!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Se ele não volta eu nem ia saber! Quando entrasse na conta ia sentir falta, mas já ia ser tarde demais”, afirma Juliana.

Isso aconteceu no domingo (01/07), na segunda-feira, ela foi atrás do rapaz na praia e pediu o número do WhatsApp dele. Eles trocaram mensagens e Juliana disse para o senegalês devolver 300 reais e ficar com 50 – 35 pelo valor dos óculos, mais 15, pela sua honestidade, podemos colocar assim.

“A foto do zap dele é um menino, perguntei se era filho dele, ele disse que sim. Comprei um carrinho de 20,00 e levei pra ele. O sorriso que ele deu, mudou meu dia. Ele ficou mais feliz por eu ter levado o carrinho, do que ter dado um dinheiro a mais.”

Juliana finaliza a publicação dizendo estar sem palavras para agradecer a honestidade do senegalês. Apesar das dificuldades que ele e sua família enfrentam, o rapaz achou que devia fazer a coisa certa, ao invés de tirar vantagem na venda dos óculos.

“Ainda existem pessoas boas. Ainda existe esperança. Ainda há fé num mundo melhor.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O relato de Juliana viralizou nas redes sociais, confira:

Conheça mais sobre o programa Visa Causas e apoie uma instituição sem pagar nada a mais por isso. É só cadastrar o seu cartão Visa e a cada transação no crédito ou débito, a Visa faz uma doação. Saiba mais!

crédito das fotos: Juliana Figueiredo/Facebook/Reprodução

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM








Senegalês corrige valor de venda de óculos para cliente e atitude dá um tapa de luva no preconceito 2

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,144,250SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

O brasileiro é o rei da criatividade em usar metalinguagem e nós podemos provar! (25 histórias)

É oficial: O brasileiro é o rei da criatividade em usar figuras de metalinguagem. 😅 A metalinguagem só pode ser dominada por quem entende bem...

Assista ao trailer da cinebiografia de Stephen Hawking: A Teoria de Tudo

Assista o trailer de ‘The Theory of Everything‘ (A Teoria de Tudo), a cinebiografia de Stephen Hawking estrelada por Eddie Redmayne (‘Os Miseráveis’). Baseado no livro de memórias “Travelling...

De Rondônia para o mundo: Ex-servente de pedreiro vira modelo internacional

Tudo começou por causa de uma brincadeira entre amigos. Gleiderson Rodrigues Gasparrini, 22 anos, mudou-se com a família da cidade de Ji-Paraná (RO) para...

Idosa fica desolada após ter produtos apreendidos e internautas fazem vaquinha para ajudá-la (TO)

A dona Raimunda sobrevive vendendo lanches na rua, em Palmas (TO). Fiscais da Prefeitura apreenderam todos seus produtos, até um pano de prato que ela tinha acabado de comprar. Desolada, está sem trabalhar desde o acontecido.

Córnea feita com colágeno suíno pode restaurar a visão de pessoas cegas e deficientes visuais

Pesquisadores desenvolveram um implante feito de proteínas e colágenos suínos capaz de substituir a córnea humana e que já restaurou a visão de 20 pessoas. Antes...

Instagram

Senegalês corrige valor de venda de óculos para cliente e atitude dá um tapa de luva no preconceito 3